Manifestação "Fora PT" - Revoltados Online

Texto e Imagens: Ribas Machado


É...
Pois é...
Estava marcada para as 14h00, consegui chegar as 15h24, já de cara pensei, cadê o povo, carros nas ruas, trânsito fluindo???? Hmmm Acho que errei a agenda e lá se foi a pauta...
Mas continuei, agora era questão de honra andar até o MASP!!


Cheguei!!
E finalmente entendi o pq de tanta tranquilidade...
Estão cantando o Hino (isto iria se repetir várias vezes!!!! Não tenho nada contra, mas depois da 8ª vez até um funk fica parecendo música new age!!)


Acabou o hino, Lobão chegou e começaram as falas (mais diversas possíveis... o carro de som/microfone estava aberto a quem quisesse dar seu recado... Achei isso bem batuta frise-se!!)


Enquanto o microfone era usado, alguns enchiam bexigas, então, eis que um padre começa sua fala com: "da última vez que juntaram um padre com tantas bexigas, não deu boa coisa"... Eu ri!!!!


O ManifestaCÃO gosta de bexigas...


O povo ouvindo as falas


Até que no meio do povo, um povo mais chegado nos militares e na intervenção militar resolve querer falar/interromper o que estava sendo falado (Isso é chato... Alias é bem chato querer se impor em manifestação alheia) e pra resolver, o povo contra a intervenção, clama por uma intervenção, e...


A polícia chega para reestabelecer a paz...


E aí aconteceu o que o Mídia Alternativa Cidadão Anômico conseguiu registrar (gosto do trabalho dele...)


Após a paz voltar a se estabelecer, acho que cantaram o hino de novo, rezaram um pai nosso e começaram a organizar o povo (por volta de 1000 pessoas) para o passeio bate volta até a praça do ciclista... (tem quem critique essa mania bate volta dos "revoltados online", mas a razão dada por eles de que em suas manifestações existe muita gente de idade, cadeirantes e tal e coisa e que estes não aguentariam longas caminhadas, me parece satisfatória...)




No caminho do bate volta eis que trombo com o Mito heheheheh que já cabisbaixo, talvez indo pra casa, recebeu uma injeção de animo e começou a dançar hehehe



O povo seguiu andando e fazendo suas reivindicações...



  Aí um músico de rua surge e toca... Tchan ran!!! O Hino!!!!!


Chegamos no São Luis, quase na virada pra voltar pro MASP... Pra registro: Acho esta fachada bem imponente.


E a massa chega na curva, hora de fazer o caminho de volta...


Devidamente filmada por... Alguém...


O povo vira e entra na reta de volta hehehe (me sinto narrando F1)


Na frente da massa, esse barbudo e seu berrante... Vale o registro que toda vez que eu ia até a frente da caminhada e trombava o barbudinho, na hora me vinha aquela música do Zé Ramalho: "Admirável Gado Novo"... Isso não foi uma crítica destrutiva ou construtiva, apenas uma constatação...

Eh!! oh oh vida de gado...Povo marcado eh!!  La la la


Olha só mais um músico de rua!!!
Tocando... O HINO!!!


Eu já disse que acho bem chato querer se impor em manifestação alheia né???
Já??? ok!! Só pra saber...
Pois bem, este menino de vermelho estava incomodado com pessoas pensando diferente dele e resolveu incomodar o povo que queria se expressar livremente...




Podia ter acontecido n possibilidades desagradáveis, mas devo elogiar o organizador da manifestação, Marcelo Reis, que segurou a onda (pelo menos o que deu, pois teve um guria literalmente revoltada que tentou estapear o mocinho) até a polícia resolver trabalhar e evitar o caos...





Quem quiser ver/ouvir como tudo aconteceu, segue o vídeo feito (também) pelo Mídia Alternativa Cidadão Anômico:


Depois (e durante) a bagunça acima, o povo seguiu e parou na frente da Petrobras... Gritou, falou e... CANTOU O HINO!!!


Depois continuou a andar em direção ao Masp e, eu, prevendo o que viria e o que ouviria neste final (alguém adivinha??? heheheh) esperei todo mundo passar e fui embora...


 Ao atravessar a Paulista rumo à BatCaverna hehehehe reparo um poste pichado e sou remetido a outros tipos de emoções, cores, sabores e cheiros ocorridos num passado próximo...


Após o golpe que me fora dado pela pichação, olho pra baixo (sem grandes programações) e o golpe, agora, vem no estômago...


Neste momento me vejo de novo na noite de 7 de setembro de 2013 (farei em breve um texto a respeito daquele dia...) Olho em volta, me certifico que estou em novembro de 2014 e...




... vou embora pra casa...

Até a próxima!! (mesmo que distante!!)




Share on Google Plus

About Um Mero Espectador

0 comentários:

Postar um comentário