[COLUNA] Então é Natal (cristão, daquele refrigerante escuro que desentope ralo e do texto abaixo que comemora 1 ano de vida)

Texto: Ribas Machado


Há exatos 12 meses atrás, em 23 de dezembro de 2013, eu escrevia o texto abaixo em uma coluna que eu tinha (e havia criado) em um dos Coletivos que mais admiro...

Não escrevo mais por lá tem um bom tempo, mas a mensagem e o presente dentro da mensagem ainda é (por mim) considerado muito batuta, portanto toca repeti-lo pra vocês, muitos que, infelizmente, aposto e ganho, que nunca tinham aproveitado um presente igual...

Quanto ao Coletivo citado acima, ele está a cada dia mais forte e a amizade com eles ainda existe, inclusive recentemente os encontrei pelas ruas...

Sem mais delongas (acho essa palavra engraçada)...



PRESENTES DE NATAL

É, pois é, mais um ho ho ho's day esta chegando cheio de gente deprimida, cheio de parentes que não se falam o ano inteiro TENDO QUE se suportar porque a matriarca ou o patriarca ou o parente mais abastado cismou de fazer uma festa em casa, cheio de rituais consumistas medíocres, cheio de animais mortos para uma cerimônia pseudo religiosa (pois rezas, orações, idas a missa é o que menos vemos -alias, até as Missas do Galo estão acabando-) tal e qual galinhas na encruzilhada ou gatos pretos na sexta 13 ou qualquer outro bicho morto para algum “trabalho” (sim, sim, sim eu ainda como carne e ainda mato pernilongos com requintes de crueldade, mas isso não faz com que me regozije com essas mortes, nem me deixa cego para as semelhanças existentes nestes rituais...), dia/noite cheio de acidentes na madrugada porque pessoas precisaram beber/se drogar demais para conseguir manter/forçar a alegria ou afastar as lembranças que causam tristeza/depressão, cheios de presentes comprados e trocados porque a TV mandou ou porque “estavam baratos” no black friday, enfim mais um ho ho ho's day esta chegando...

Mas Espectador, você odeia tanto o natal assim????

Não!!!! Eu não odeio o natal, eu apenas não reconheço aquele gordo barbudo, vestido de vermelho que domina as mídias e distribui presentes sem nota fiscal comprados sabe-se lá com que dinheiro (me refiro ao Papai Noel tá, qualquer semelhança com um ex presidente é mera coincidência).

Na verdade eu até gosto do Natal, pois sinaliza o início dos melhores momentos em Sampa, sinaliza o esvaziamento da cidade e eu amo Sampa vazia... 


Fora isso, eu gosto do Natal pois nessa época eu descubro pessoas/sócios/parceiros dispostos (mesmo que só por algumas horas) a me ajudar a fazer o bem para os outros (“me ajudar” hehehehe como eu sou perfeito né hauhauhauhaa), eu gosto do Natal porque, mesmo reconhecendo que o nascimento do Cristo não foi no Natal, eu curto Missas do Galo (a do Mosteiro de São Bento às 0h00 é linda, fica a dica) eu curto me juntar com os familiares que EU CURTO ME JUNTAR diariamente e passar MAIS UMA noite bacana, eu curto aproveitar a egrégora da época e revisar o período anual/temporal que passou, curto promover introspecções, rezar, cerimoniar, curtir ESSA parte (tão esquecida) da época, enfim eu gosto muito do natal, pelo menos do MEU natal...

E por falar em MEU natal ou SEU natal ou natal nenhum eu queria dar um presente pra vocês leitores que me aturam tem um tempo. Paradoxalmente não será um presente religioso mas, sim, um presente mais ligado ao natal que eu não gosto hehehehe, ops, quer dizer, ho ho ho mas, tenho certeza, que vocês (você, você ele, ela, vós, todos vocês...) irão gostar ou na pior/melhor das hipóteses irão aproveitar mesmo que não curtam ou até odeiem o Natal...

De mais a mais vale dizer que não sei se no ano que vem eu volto, da mesma forma que também não sei se nesse ano eu vou, o que sei e vale registrar aqui pra evitar mais confusão como as já existentes nesse semestre é que embora eu seja, eu não sou GAPP, eu não presto socorro físico para vítimas de violência desnecessária em manifestações mas, como fui convidado a escrever uma coluna autoral (tem coluna não autoral???) e como respeito o trabalho desse povo que (ao contrário, do que um desinformado ignorante -de quem ignora algo- ou com má-fé -de quem me gera nojo- na porta do DEIC tentava fazer o Alexandre concordar com SUA masturbação mental) não está organizado para que os “criminosos” possam ser atendidos sem precisar ir pro hospital.

Alias, os chamados, pelo (TALVEZ -afinal podia ser apenas ignorante-) onanista de “criminosos” muitas vezes eram as vítimas de verdadeiros criminosos, por acaso (pois não são todos), fardados, e, pelo o que eu pude presenciar e testemunho aqui que (pelo menos até HOJE -em 2013 e mantenho em 2014-) o povo do GAPP nunca foi um braço dos criminosos travestidos de manifestantes (isso existe também), pode até ter atendido algum(a) que estava caído ou sangrando, mas nunca “trabalhou” pra eles (alias, até o conceito de “eles” se tornou meio nebuloso nesse semestre que passou...), seja como for, fica o registro da minha felicidade pelo convite de colunar aqui e do fato de eu não ser socorrista (até porque os treinos e cursos ocorrem MUITO cedo ehehhehe).

Mas voltemos ao presente e, já finalizando, desejo um FELIZ NATAL pra quem é de NATAL (qualquer deles) e pra quem não é, também, afinal tudo que é feliz, é feliz...

Espero que gostem do presente pois não tem como trocar e, já aviso, após o consumo, gostando ou não, ele não sairá mais de suas vidas...

Aproveitem com moderação e consumam com calma, de forma pausada e até repitam a dose, vez ou outra, pois a experiência será diferente e trará novos crescimentos pra vocês...

Sem mais delongas, segue o presente (em 13 partes): 


*** Primeiro alguns clássicos (para pensar e conhecer):


1- Fahrenheit 451


2- 1984


3- A Revolução dos bichos


4- O Senhor das Moscas





 

*** Depois alguns que tocam em temas atuais ou em bases que geraram temas atuais (para conhecer e se reconhecer):


5- O Sistema (The East)


6- Behind The Mask


7- Diaz (Política e Violência -tb conhecido como: Don't clean up this blood)

(este vocês terão que achar -não será difícil e vale muito a pena- Ah! Mas aí não é presente!!!! CALMA!!! No link acima, coloquei um documentário sobre o ocorrido que rolou na vida real)

8- 400 contra 1

9- Quase dois irmãos


10- A Experiência


*** Pra (quase) fechar o presente, a parte que julgo importante e que traz um grupo de filmes pra VOCÊ acordar, deixar de muito romantismo e sacar que (muito provavelmente) você pode estar entrando numa roubada monstruosa da qual não terá mais volta... Assista, pense e bom e saque se vc está no caminho certo, com as pessoas certas ou se é apenas uma "bucha de canhão" usada para o interesse de gente frustrada que por não ter opção na vida, passa a sua (delas) opção como sendo a mais pura e correta... CUIDADO com certezas, caminhos corretos, certo e errado, puristas e com a clássica falta de tons de cinza... Cuidado onde vc entra e o que vc faz, pois muitas vezes não tem masi volta...

11- A Onda

12-Helter Skelter


 

*** E, já que é natal, vamos fechar com:


13- Jesus Cristo Superstar


Até a próxima que será sei lá quando (ou não)



P.s: Vale dizer que, aos poucos será postado o "manual de instruções" contendo resumo e comentários de todas as 13 partes, mas, por enquanto, simplesmente aproveitem... (acompanhem pela aba "filmes");

P.s2: Não os arquivos e os links não são meus, apenas estão livres e soltos no youtube, aberto s a qualquer pesquisa de algum padawan virtual... Não iremos jogar aqui no projeto, download ilegais ou fomentar pirataria comercial, mas quando algo surgir abertamente na internet (e nos interessar de alguma forma) ecoaremos aqui...

P.s3: Por razões de linha editorial, alterei um pouco o texto original;

P.s4: Como vários links do texto original haviam caído, alterei a maioria;

P.s5: Troquei alguns filmes (pq eu quis hehehehe  -e vocês merecem-)

P.s6: Não tem P.s6... Voltem para o nº1 e releia

Share on Google Plus

About Um Mero Espectador

0 comentários:

Postar um comentário