[COLUNA] Machadadas na/da redução da maioridade penal

Coluna: Machadadas     
Texto: Ribas Machado


Olha só! Na semana que passou fizemos 5 meses de Mídia Legal Independente (neste formato e com este nome) no ar e, ontem, eu fiz 3 meses de registro...

Com isto, concluí (mos) que já está na hora de começar (mos) a emitir opiniões pessoais a respeito de temas batutas, até pq vira e mexe alguém, na rua (tentando nos rotular/entender conforme os seus -deles- padrões, buscando assim um conforto mais confortável ao nosso lado),  nos faz perguntas (muito) inteligentes do tipo: "Você é de esquerda ou de direita?"

Por estas e outras, para estes e outros, para os que nos julgam sem nem mesmo perguntar ou buscar nos conhecer, daremos início às COLUNAS DE OPINIÃO onde eu e as demais colunistas do M.L.I (sim, acreditem ou não, nós já somos em 5 e existem alguns outros processos, em andamento, de entrada de novos colaboradores e colaboradoras), iremos escrever sobre o que der vontade, mesmo que atacando ou defendendo pontos que outro/outra tenha defendido ou atacado...

Não sei quando os/as demais irão estrear (pois como aqui ninguém ganha nada, aqui também ninguém recebe pressão ou tem obrigações muito bem definidas), mas, até pra dar o exemplo e abrir este novo caminho, resolvi estrear, tratando de um tema que está na boca do povo...

Alias, já que você (que está lendo até aqui) também faz parte do povo, me diga uma coisa...


  • Você é CONTRA a redução da maioridade penal e entende que os jovenzinhos tem que receber amor, cuidado, educação até para saírem deste caminho (não) escolhido por falta de oportunidade.
Mas e se uma parente sua (geralmente colocam a filha, na pergunta, afinal AINDA estamos em uma sociedade machistóide, e violência contra as mulheres mexe  mais com o imaginário...) fosse estuprada e assassinada com requintes de crueldade, você levaria o "bandidinho" pra criar/cuidar/educar, em casa, no lugar dela, até pra preencher o vazio deixado pela morte da sua filha? 
  • Você é A FAVOR da redução da maioridade penal e entende que esses "bandidinhos", esses "vermes", esses "monstros em desenvolvimento" tem que sofrer tanto ou até mais que suas vítimas inocentes, cidadãs de bem.
Mas e se esse "bandidinho", esse "verme", esse "monstro em desenvolvimento" for o SEU filho, filho este que você ama e fez tudo que podia para torná-lo um bom ser humano, ainda quer que ele sofra, seja jogados em presídios lotados com adultos e por lá seja esquecido até a morte, ou NESSE CASO até aceita que ele pague pelos seus ERROS juvenis (afinal você é um bom cidadão de bem), desde que dentro da lei, da justiça e do ECA??

É...
Pois é...

  • Você é CONTRA a redução da maioridade penal, pois entende (amparado na história e em mil estatísticas de locais/estudiosos respeitados) que os índices de criminalidade praticado por menores são muito baixos, e que a prisão, em nenhum lugar do mundo, em nenhuma época, nem mesmo nos regimes ditatoriais mais cruéis, serviu para zerar a criminalidade.
Mas, só a título de entendimento, em algum desses lugares, teses, estatísticas, há provas e fundamentação de que deixar os criminosos livres (mesmo estes poucos dos tais índices OFICIAIS baixos), sem julgamento/condenação ajudou na redução da criminalidade??
  • Você é A FAVOR da redução da maioridade penal e entende que não importa os índices não estarem zerados, não importa se o sistema está abarrotado e falido, não importa que não há trabalho para todos (que porventura quiserem) não importa se a maioria não sairá reeducado, o que importa é que aquele específico criminoso fique afastado da rua, da sociedade e SOFRA pelo crime que cometeu.
Mas você sabe que este específico criminoso que não trabalhou, não estudou, não se reeducou e sofreu toda uma série de violências do sistema, e dos colegas, irá sair de lá um dia não é? Você sabe também que fazer eco à estas campanhas de punibilidade pela punibilidade, só convém aos maus políticos (dizem que são a maioria), afinal é mais fácil/barato jogar todo mundo pra baixo do tapete, do que educar, dar trabalho, saúde... Com isso sobra $$ para o que mais interessa a este grupo (seja lá o que for...)

É...
Pois é...

  • Você é CONTRA a redução da maioridade penal, pois entende que os poucos e isolados casos paradigmáticos usados para assustar a população e fazê-la ficar a favor da redução, não bastam para amparar tal mudança até por não passarem de poucos casos isolados, não passarem da exceção da exceção.
Mas você sabe que tais casos existiram e ainda existem/podem existir não é? Mesmo assim, então, para evitar de se PODER prender a maioria dos jovens, que não seriam presos (pois não teriam cometido crime algum -é, caso você não saiba, só seria preso quem viesse a cometer algum crime e porventura fosse julgado e condenado-), você acha certo e eficaz deixar impune esses poucos casos isolados?
  • Você é A FAVOR da redução da maioridade penal pois entende que, para a alegria de Lombroso, existem seres humanos que são criminosos natos, monstros irremediáveis que tem que estar afastados da sociedade ou até retirados da face da terra.
Mas você sabe que, como já dissemos antes, eles irão sair da cadeia bem mais cedo do que o esperado e bem piores do que entraram não é? Você sabe também que não precisaria reduzir a maioridade penal como um todo para alcançá-los não é? Bastaria criar uma "Lei dos Atos Infracionais Hediondos" em que esses específicos "monstrinhos" cumpririam a pena em sua totalidade e ainda carregariam a "folha corrida" para toda a vida...
 
É...
Pois é...

  • Você é CONTRA a redução da maioridade penal pois entende que o governo ao invés de prender, deveria investir em educação e em políticas públicas e sociais visando proteger os jovens (e suas famílias), diminuindo a possibilidade deles "caírem no crime". 
Perfeito! Ninguém pode ser contra isto... Mas isso já ocorreu em algum Governo (de qualquer partido)? Somente os pobres cometem crimes? E aqueles que já passaram da idade de formação de caráter, e aqueles que já estão cometendo vários crimes?? E enquanto o Governo não faz isso, continuamos com a festa da impunidade??
  • Você é A FAVOR da redução da maioridade penal pois sabe que a vida real é bem diferente da vida estudada no ar condicionado de escritórios e gabinetes, e você sabe que até nos países mais desenvolvidos e, pior, nas famílias mais abastadas, vez ou outra surgem maçãs podres e, estas, não podem ficar livres, impunes e (ou) passar um período curto sendo reeducados em alguma FEBEM/CASA da vida, para depois saírem com a FICHA LIMPA. (e, e, e, e, esse eco foi proposital)
Certo! Mas será que APENAS tratar/punir/prender crianças e adolescentes como se adultos fossem irá mudar algo (a lei de cotas resolveu o problema da educação e do trabalho no Brasil, ou só escondeu o problema original até hoje?), ou isto só seria uma cortina de fumaça criada para a sociedade achar que os políticos estão trabalhando e, com isto, não incomodá-los esperando que eles trabalhem de verdade???
 
É...
Pois é...

  • Você é CONTRA a redução da maioridade penal pois acha uma absurdo jogar adolescentes de 16 anos (ou menos) em penitenciárias cheias de adultos??
E se os pimpolhos cumprissem a pena (toda ela, tal e qual o sistema funciona para os adultos, com as benesses e punições, aumentos e reduções) até a maioridade na Fundação Casa e após a maioridade, nas penitenciárias, junto com os adultos? Qual o problema dos fofuxos carregarem sua "folha corrida" ao adquirirem 18 anos de idade?? Você sabe que menor com 17 anos e 11 meses é menor não é??
  • Você é A FAVOR da redução da maioridade penal e, desde que tirem o lixo da sociedade, das ruas, não se importa onde irão jogá-lo, nem o que acontecerá com ele (lixo).
Cabe perguntar de novo, e se esse lixo for um dos seus filhos/netos, e se esse lixo for você?? Você nunca passou num sinal vermelho, nunca dirigiu após beber uma cervejinha, nunca baixou um filme ou uma música ilegalmente, alias, todos os programas do seu computador são registrados, você é um santo(a) que nunca fez nada de errado??? Mesmo nesses casos você ainda acha que o sistema vingativo/punitivo é melhor que o sistema que reeduca/corrige? Será que não deveríamos ir pra cima dos políticos cobrando soluções de verdade, seja para o problema não surgir, seja para após o problema ter surgido (lembrando que hoje em dia, com a internet e a facilidade de acesso à informações, criminosos de boas famílias -que SEMPRE existiram- agora aparecem pra sociedade)
 
É...
Pois é...

Você ainda é favor?

Você ainda é contra?

Você pensou ou está pensando mais a respeito??

Você ainda acha que tem como ser 100% contra ou a favor??

Você ainda acha fácil dividir o assunto e esquecer "os 50 tons de cinza"??

Você esta incomodada(o) pois não entendeu a MINHA opinião/posição a respeito do tema??

Mesmo sem entender, você quer me rotular?

 
É...
Pois é...

Então pra mim já está bom!!

Até a próxima!!




















Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário