[RELATO] Caravana 43 por Sudamerica (familiares de Ayotzinapa)

Texto e imagens: Ribas Machado   
Imagens: Walmor Carvalho



É...
Pois é...
Ontem ocorreu um evento da etapa brasileira da Caravana 43 Sudamerica


Me refiro ao...


Quem quiser saber mais a respeito do trágico incidente ocorrido no México com os 43 futuros professores de Ayotzinapa...


Eu aconselho o vídeo:


E pra quem só quiser saber do evento de ontem, borandar!!

Tudo começou na Praça da Sé, onde, por volta das 18h00, foi iniciada a concentração...

(ativistas, usando velas, escrevem/desenham um "43" na escadaria da Catedral da Sé)


Concentração esta que teve o apoio/participação das Mães de Maio




E uma, sempre emocionante, intervenção do grupo de teatro "Coletivo de Galochas" (eu, particularmente gosto dessa turminha e estou devendo uma visita às apresentações que estão sendo feitas na Praça da Luz, aos sábados)


Depois, deste primeiro momento do evento, em cortejo, todos saíram da Sé em direção à quadra do Sindicato do Bancários (que fica na rua Tabatinguera, 192), onde estava marcado para ocorrer uma conversa/debate com os familiares Francisco Sánchez Nava (primo de um dos desaparecidos e estudante da mesma escola), Hilda Legideño Vargas (mãe de Jorge Antonio Tizapa Legideño), Hilda Hernández Rivera (mãe de César Manuel González Hernández) e Mario César González Contreras (pai de César Manuel González Hernández)




19h15 e o cortejo começa a chegar/entrar na quadra...


Mais algum tempo para todos se organizarem, se acomodarem e acabarem de arrumar a quadra para a conversa que se iniciaria a seguir...






E, enquanto tudo isto acontecia, tive a honra de conseguir falar com...


Hilda Legideño Vargas


Francisco Sánchez Nava

 Tudo pronto, mesa composta...



E, por volta das 19h45, esta parte do evento é iniciada...


Feita a abertura, é dada a palavra às Mães de Maio na pessoa de Débora Maria da Silva

 


Outras pessoas fazem uso da palavra até que, por volta das 20h07, o microfone chega na primeira familiar dos desaparecidos, Sra. Hilda Legideño Vargas



Seguindo para os outros três


Até chegar em Francisco Sánchez Nava
 


Quando, após o encerramento de sua mensagem e de mais algumas outras falas seguidas por dois momentos especiais (a entrega de uma bandeira das Mães de Maio para os Familiares de Yotzinapa, e a declamação de uma poesia, feita por um integrante das Mães de Maio)


Por volta das 20h35, é aberta a palavra à plateia...


Que (seja perguntando, seja se pronunciando), faz muito bom uso da mesma (palavra)




Aqui (após a foto e vídeo de Jey Vargas), penso que vale uma pausa para citar a presença, no evento, do trio...


Jei Valverde 
(Convergência / Costa Rica)


Fran Capellas 
(Corriente Roja / Espanha)


Clara Saraiva 
(ANEL /Brasil)

Que, além de demonstrar apoio à causa dos 43, também por lá estava para convidar todos os presentes e anunciar o 3º Congresso Nacional da ANEL, que ocorrerá em Campinas (nos dias 04, 05, 06 e 07 de junho)

Pausa feita, e devidamente explicada, continuo, informando que esta interação (citada acima) se seguiu até por volta das 21h10, quando ocorreu (mais) um momento emocionante...



   
Seguido do encerramento oficial do evento quando, aos poucos, a plateia e os familiares foram seguindo seus caminhos e suas vidas, levando na memória momentos, emoções e interações que, com toda certeza, lhes transformaram em seres humanos melhores, mesmo diante de tanta dor e de tanto horror que, outros seres humanos, insistem em causar pelo mundo afora...

Até a próxima e, que fique o registro de que...

"vivos se los llevaron vivos los queremos"












Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário