[RELATO] Passeata 1 ano após o massacre da Copa

Texto e imagens: Ribas Machado                            
Imagens: Cristiano Assis & Karol Oliveira
(Colaboradores do M.L.I)


12 de junho de 2015, pois é...

Já faz 1 ano do início da Copa de 2014

E pra comemorar o 1x7 pra Alemanha, além de várias outras derrotas do Brasil pré e pós Copa, tivemos hoje a...

Cheguei por volta das 18h20 e fiquei acompanhando a organização da futura caminhada e a feitura das faixas e cartazes...







19h00 e a passeata ainda não havia começado... (o que é normal, afinal as concentrações são marcadas mais ou menos uma hora antes do início...)

 
Até que por volta das 19h15, ainda na frente da Gazeta (na Avenida Paulista/SP) a passeata começou a ganhar/tomar a rua...



Preparou a encenação acima, e iniciou um JOGRAL:


Jogral este que tinha o seguinte texto (redigido na hora)


 Que segue abaixo para quem, porventura, não conseguiu ouvir...


Jogral feito...

Hora de andar...


Trânsito parado/desviado atrás...


Avenida aberta à frente...


Relógio marcando 19h19

E a passeata começa...



Aos poucos vai vencendo a Paulista, em direção à Consolação


Devidamente "quase envelopada" pela tropa do braço à esquerda (dela) e os tijolinhos amarelos (sem os coletes de sempre) à direita (dela)




Obs: Aqui vale registrar que tinha muita polícia (não erro em dizer que a proporção era de 1 p/1, até pq não tivemos quantidade de manifestantes, foi uma passeata mais focada na "qualidade", na representatividade de pessoas e coletivos que participaram dos atos contra a Copa e, este objetivo foi plenamente alcançado com a presença de por exemplo o Território Livre, o GAPP, Observadores Legais além de vários mídias e ativistas individuais que saíram à rua em 2014...)


Mas, mesmo QUASE envelopada, seguiu em frente...


Com os Observadores Legais, observando tudo e, comemorando (também) 1 ano de existência (PARABÉNS PARA ELES e ELAS)


A passeata seguia sossegada (muito embora com muitas palavras de ordem contra a PM que, por sua vez, acompanhava sem esboçar reação...)
Obs: Neste ponto vale comentar minha teoria já bem batida por aqui, em mesas de bar e (ou) mesas acadêmicas, no sentido de que ok! Até existem péssimos seres humanos, podres mesmo, criminosos que usam farda, que são descontrolados, sádicos, doentes sem cura... Por outro lado quando NÃO TEMOS uma ordem de gabinete, dada para quem dará ordens para os que estão na rua e, por outro lado, na rua, há uma liderança capaz e uma tropa profissional, a violência, o ""confronto"" não ocorre e, com isto, a manifestação faz o que quer e termina em paz... FICA A DICA para os governantes que morrem de medo da rua!)


Por volta das 19h36, ocorreu uma conversa conciliatória, entre vários ativistas e o comando militar, visando uma alternativa para o trânsito...


Todos chegaram a um acordo, obtendo um "ganha/ganha" e continuando a passeata que...



Continuou avançando, até chegar no CENTER 3, onde (19h56) fez um novo JOGRAL (repetindo o mesmo texto do anterior)


E seguiu até entrar na Rua Augusta, onde continuou firme (20h16)...

 
Descendo até o Hotel...


Lembram do Hotel LINSON, lembram de 25 de janeiro de 2014?

Não?!? Então vejam o vídeo abaixo do amigo e excelente jornalista Mauro Donato


Pesado né? Pois é...

Ao vivo estava bem pior, juro...

Mas voltando ao dia de hoje...

Chegando na frente do hotel, tivemos mais uma repetição do JOGRAL


E alguns ativistas (como o Vinícius Duarte) usaram da palavra...


Após o jogral e as falas, a passeata continuou...


Passou pelo Parque Augusta (fechado) e seguiu andando...


 Até chegar na Praça Roosevelt...



 E de lá (Roosevelt) seguir pra Praça da República...



Com a PM, parando o trânsito e acompanhando tranquila (agora só de um lado, pois a Tropa do Braço, nesta parte da passeata, estava reduzida a dois homens...)


20h48, a passeata chega na República quando, então, surge o 1º e único momento tenso de todo o trajeto, pois de longe podíamos ver chamas bem altas no local, onde antes estava o acampamento dos professores...


Corre corre, e ao chegar no fogo, vimos (eu vi) que, sem querer, chegamos (a passeata e eu) exatamente na hora em que os Professores Autônomos saíam do acampamento e deixavam suas lembranças, lutas e o que restou do acampamento, sendo purificado na fogueira...

Vê-los indo embora foi um momento bem emocionante e particularmente triste, mas como (fica o registro de que) em Assembleia ocorrida na tarde de hoje, foi decretado o fim da Greve, não havia muito mais o que se fazer da parte deles...


Já da parte do povo da Passeata...


Tivemos mais um JOGRAL...


E quando tudo parecia que ia se encerrar, acharam o boneco do Governador (que os Professores haviam esquecido amarrado em uma árvore) e, não precisa dizer, após brincar de "malhar o Judas", alimentaram o fogo...



Obs: Terei pesadelos com aquelas vozinhas doces cantando felizes, quase joviais... "Pisa na cabeça dele!! Pisa na cabeça dele!!"

Por fim... Fim!!


- MAS RIBAS, VC NÃO FALOU COM NINGUÉM???  NINGUÉM FALOU COM O MLI????

Ah! É!!

Como eu poderia esquecer do Rafael Padial (Território Livre)


Que, diga-se, levou (junto com outros do Coletivo) e distribuiu uma edição do Jornal deles (MUITO BATUTA e que merece ser conhecido, por quem ainda não conhece!!)


E do Guerreiro Vinícius Duarte (Des/ Construindo ideias)


Esquecimento IMPERDOÁVEL!!!


Mas... Agora sim, FIM

Até a próxima!!

Borandar!!!!































Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário