[RELATO] 1ª Apresentação (em Sampa) do Projeto Burning Man Brasil

Texto e Imagens: Ribas Machado



É...

Pois é...

Hoje aconteceu a...



E, nós estivemos por lá conferindo...

Bom, já de cara vale registrar que "estar lá" não foi uma das tarefas mais simples (embora tenha valido muito a pena!)...

Como vocês devem ter lido na imagem acima (basta clicar na mesma para ver no tamanho original), estava marcado pra acontecer na Praça Roosevelt, mas acabou não dando certo (ainda bem -pelas razões que vocês entenderão abaixo-), então a organização ficou de avisar o novo lugar NO DIA...

Parecia aquelas raves, de algumas décadas atrás (quando eu ainda possuía idade para frequentar raves hehehe), em que você tinha que levar um ovo (ou algum outro símbolo/código) em algum lugar (bar, loja...) e então recebia a localização secreta da festa (horas antes dela começar...).

Até tentei contato antecipado com a organização (e fui super bem atendido pela Ana e pelo Gustavo), mas eles também ainda não tinham o endereço antecipado, aí restou aguardar o dia...

Chegou hoje, acordei tarde e (ainda bem, pois sou reconhecidamente ansioso e teria perdido viagem, pois) tinham três mensagens da organização, uma, cedo (08h59), chamando para o Parque Augusta e dizendo começariam a se reunir às 13h00 (hora que acordei) e para levar cangas e tal, outra, às 09h20, avisando que a apresentação começaria às 15h00  e uma terceira (com bom intervalo das duas anteriores, ás 12h12) dizendo que por causa da chuva teria sido mudado o endereço e o horário para uma rua chamada "Brigadeiro Melo nº143" Ás 16h00.

Como da última mensagem até a hora da minha leitura já tinha um bom tempo de silêncio, e como nem chuva estava mais rolando, me preparei e lá fui eu...

Atrasei um pouquinho, mas ainda cheguei a tempo de conversar um pouco com moradores do "local", entender o que é aquele local/ocupação (explicarei mais pra frente), dar uma lida nos 10 princípios do Burning Man (que estavam na entrada da casa do local)


  • 1 - Auto Expressão: Liberdade para ser você mesmo. A auto expressão surge dos dons únicos de cada indivíduo. Ninguém mais além do indivíduo, ou de um grupo colaborando, pode determinar o seu conteúdo. E isso é oferecido como um presente para os outros. Neste espírito, quem oferece deve respeitar os direitos e liberdades de quem recebe.
  • 2 - Autoconfiança – você é responsável por você mesmo, mentalmente e físicamente. O Burning Man encoraja o indivíduo a descobrir, exercitar e confiar nos próprios recursos internos. 
  • 3 – De-comoditização– esqueça do dinheiro – não tem nada para comprar.Para preservar o espírito de presentear, nossa comunidade procura criar ambientes sociais que não são mediados por patrocínios, transações ou publicidade. Buscamos substituir o consumo por experiências participativas.
  • 4 - Não deixe rastros: De pó ao pó, deixe apenas pegadas. Nossa comunidade respeita o meio ambiente. Temos o compromisso de não deixar nenhum vestígio físico das nossas atividades. Onde quer que nos reunamos, nós limpamos depois de nós mesmos e procuramos, sempre que possível, deixar tais lugares em melhor estado do que quando os encontramos
  • 5 – Participação: Se envolva. Burning Man é o que fazemos. Nossa comunidade está empenhada em uma ética radicalmente participativa. Acreditamos que a transformações quer no indivíduo ou na sociedade, podem ocorrer apenas por intermédio de uma profundamente participação pessoal. Alcançamos o ser através do fazer. Todos estão convidados a trabalhar. Todo o mundo é convidado para participar. Nós fazemos o mundo real por meio de ações que abrem o coração.
  • 6 - Inclusão radical: Todos são bem vindos. Qualquer pessoa pode ser uma parte do Burning Man. Saudamos e respeitamos o desconhecido. Não existem pré-requisitos para a participação em nossa comunidade.7 - Presentear: Oferecemos o nosso tempo e esforço livremente. Burning Man estimula atos de presentear. O valor de um presente é incondicional. Oferecer um presente não contempla um retorno ou uma troca por algo de igual valor. 
  • 8 - Co-operação: Juntos somos mais fortes Nossa comunidade valoriza cooperação criativa e colaboração. Nós nos esforçamos para produzir, promover e proteger as redes sociais, espaços públicos, obras de arte, e métodos de comunicação que apoiam tais interações. 
  • 9 - Comunidade: Uma família de indivíduos, nós cuidamos uns dos outros. Valorizamos a sociedade civil. Os membros da comunidade que organizam eventos devem assumir a responsabilidade de bem-estar público e se esforçar para comunicar responsabilidades cívicas para os participantes. Devem também assumir a responsabilidade para a realização de eventos de acordo com leis locais, estaduais e federais.  
  • 10 - Imediatismo: Faça o agora valer / esteja aqui agora. Experiência imediata é, em muitos aspectos, a característica mais importante em nossa cultura. Procuramos superar as barreiras que se interpõem entre nós e o reconhecimento do nosso eu interior, a realidade dos que nos rodeiam, a nossa participação na sociedade, e o contato com um mundo natural superior aos poderes humanos. Nenhuma ideia pode substituir esta experiência.
Mais informações: http://brburn.com/

E receber o aviso de que já ia começar...

Quando então entrei na "casa do local" e me ajeitei para assistir a apresentação...

Inicialmente rolou literalmente uma apresentação (de todos os quase 50 presentes)



Todo mundo apresentado...

Passamos para a apresentação do projeto:


Apresentação esta, feita pela Ana Constantino




Quando então pude descobrir um pouco da história do Burning Man...



Um pouco do que é e de como acontece o Burning Man




E MUITAS outras informações interessantes e originais proveniente da própria apresentação da Ana, e (ou) originadas pela interação da moçada (com perguntas e comentários) com a Ana, sempre simpática e respondendo tudo que era perguntado...

Passada (bem mais de) uma hora de papo foi a vez de ouvirmos um pouco do Edgard Gouveia Júnior...


Responsável pela "Casa e pelo local" cedido para a apresentação de hoje...

Local este onde funciona a "Base", o "Quartel General" do projeto "Play The Call" que, confesso, eu não conhecia e, confesso mais, adorei (o que consegui entender)!

Aconselho muito vocês fuçarem mais a respeito deste projeto (criado pelo Edgard) e, no que puderem, ajudar o Edgard e os demais 12 ocupantes daquele espaço tão legal e lúdico...

Alias, por falar no local, vale algumas imagens de lá (só algumas, pois muito em breve pretendo por lá voltar para fazer uma matéria específica só com eles e só sobre o projeto... Aguardem!)






Apresentação do Burning Man (muito bem) feita...

Apresentação do Edgard e do Projeto "Play The Call"  (muito bem) feita...

Começou a interação e os bate papos paralelos, momento em que tive a oportunidade de conversar com três BURNERS (pessoas que já foram no Burning Man Original) que, gentilmente, aceitaram contar um pouco de suas experiências...




 Em seguida consegui que a Ana aceitasse falar um pouco pra câmera...


E, como não poderia deixar de ser, como manda a boa educação e como manda a minha curiosidade, consegui ouvir mais um pouco do "dono da casa", me refiro ao Edgard Gouveia Júnior...


Registros feitos, hora de ir embora chegando, povo da casa querendo jantar, mas, antes, um foto de parte dos dois grupos especiais, reunidos...



Essas imagens acima, estão como estão, pois o táxi do pessoal do Burning estava na porta com o taxímetro ligado, o pessoal da casa queria jantar e Murphy resolveu dar as caras justo quando eu ia tirar a foto, fazendo com que eu só percebesse, que a máquina estava na função vídeo, quando todos já tinham ficado uns 10 segundos congelados, momento em que pra piorar a situação, ela (máquina) resolveu travar... Aí como não dava pra deixar o povo congelado mais tempo, o jeito foi tirar esses dois prints do vídeo original, até pra registro desse momento batuta!

Em seguida conversei mais um pouco com moradoras que literalmente surgiram e, até pelo adiantado da hora, deixei eles em paz...

Saí, bati o portão atrás de mim...


E fui deixando a casa, seus moradores e os momentos nela vividos hoje, na memória...

 

 Até uma próxima...

Borandar!!








Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário