[RELATO] 3ª AÇÃO HUB LIVRE - SECURITIZADOS

Texto e imagens: Ribas Machado



Lembram que no relato do 2º Ato contra a Redução eu falei algo (que EU não lembro exatamente) no sentido de que as ações de convencimento sobre o mal da redução deveriam ser melhor planejadas, executadas, pensadas e bla bla bla

Pois bem, hoje tivemos um ótimo exemplo de ação batuta, que gera muito mais resultado do que reunir centenas de pessoas para marchar, por onde a PM mandar/permitir, atrás de bandeiras de partido e atrás de um carrinho mixuruca de som reverberando o que "cidadãos e estudantes" (adorei essa auto definição) acham importante dizer, enquanto (ALGUNS) cantam canções inspiradas no filme "Tropa de Elite"...

Me refiro à...


Que teve a seguinte programação:


É verdade que faltou uma moçada que, na 2ª Ação HUB, fez uma comida vegana maravilhosa (e, não, eu ainda como carne e mato pernilongos com requintes de crueldade, mas, comida boa é comida boa...Fim!), mas essa falta, esse vazio foi devidamente preenchido com outras coisas muito batutas, como por exemplo...

A oficina de bandeirão



 Os debates com moçada que tinha, e sabia, o que dizer...




Dizeres estes, devidamente reverberados pelas caixas de som supimpas...


Reverberação esta que gerou um debate bem bacana com a "plateia" de fora da Geodésia...


E toda esta interação ia rolando com liberdade acarpetada para amenizar o acesso à porta da Geodésia (sempre aberta)


Mas não foi só, alias, nas Ações HUB LIVRE, nunca é...

Tivemos (dentre muitas outras coisas) a exibição do documentário "Sem Pena"


Momento de silêncio e reflexão na praça Roosevelt...



Só quebrado com o início da performance do Coletivo "Luneta Vermelha"



Sempre mandando muito bem e chamando/prendendo a atenção de todos, inclusive do amigo e fotógrafo de primeira Sérgio Silva!


Que, como eu, o mídia ativistas Arrow e alguns outros, só faltou entrar na Geodésia e dançar uma dança libertária puxada pelo Coletivo...




Mas, como dizem que tudo acaba (muitas vezes pra recomeçar de outra forma...), deu 21h00 e foi hora de dar tchau... (Pra alegria -só- da tia Marta)


Hora de desmontar e deixar o espaço como fora encontrado de manhã...



E então, e só então, conseguimos ouvir um pouco a respeito da experiência de hoje através das palavras de uma das responsáveis por tudo ter dado certo...

Me refiro à gentil Alzira que, mesmo exausta, aguentou falar um pouco conosco/com vocês!


Batuta né?
Pois é...

Até a próxima!!

Borandar!
Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário