[RELATO] Jornadas de Yarmouk

Enquanto o mundo observa com espanto a recente crise de refugiados da Síria e São Paulo lida dia após dia com uma crise cada vez maior na área da habitação, eis que aparece um singular evento que reuniu as duas causas bem no Centro da Capital. No sábado ocorreu o seguinte evento:


Tais jornadas ocorreram na Ocupação Leila Khaled, organizada pelo Movimento Popular Terra Livre e o Movimento Palestina para Tod@s num prédio da R. Conselheiro Furtado, na Liberdade. O que torna esta ocupação tão especial é o fato dela abrigar refugiados da Guerra Civil da Síria, mais especificamente dos refugiados palestinos que moravam no Campo de Refugiados de Yarmouk.



O evento foi uma grande recepção a estes refugiados, e foi um sucesso. Não tiveram números oficiais, mas eu chuto com toda a certeza que pelo menos mil pessoas circularam. entre a excelente comida, o documentário e as rodas de conversa.



Mas vamos por partes


Primeiro todo mundo almoçou para, na sequência, se dar a abertura oficial. E que comida! Que quitutes e que iguarias! Todo o rango foi produzido pelos refugiados que moram no prédio, e foi uma delícia. Quibes, esfihas, falafel, doces... a fila foi grande e a satisfação também.






Logo em seguida foi a hora da abertura oficial. Estavam presentes o representante do Movimento Popular Terra Livre, do Movimento Palestina para Tod@s (Mop@t) e o editor da Editora Autonomia Literária, que iria participar do lançamento do livro "A Origem do Estado Islâmico", inédito no Brasil, do jornalista irlandês Patrick Cockburn.




Na sequência do documentário, chegou a vez da exibição do documentário "The Shebabs of Yarmouk", contando sobre a vida da juventude do Campo de Yarmouk antes da Guerra Civil (Trailer)





E, na sequencia,  veio a roda de conversa com os refugiados. A sala estava lotada até a boca. Em compensação, consegui uma conversa com um dos fundadores da Autonomia Literária, Cauê Ameni, que falou um pouco sobre o livro que iria lançar. 








O local estava tão cheio que logo teve gente pelas escadas, tomando chá no salão ao lado e conversando. Consegui também trocar um papo com o Henrique, do Mop@t:




E, por fim, teve o debate de lançamento do livro "A Origem do Estado Islâmico" com o jornalista e refugiado Palestino Abu Saleh, o Professor de Relações Internacionais da PUC-SP Reginaldo Nasser, o jornalista José Arbex Jr. e o fotojornalista e cinegrafista Gabriel Chaim, que cobriu in loco o conflito na Síria nos fronts de Aleppo e Kobane.









E assim foi o evento, e que venham os próximos!



Até a próxima!


Share on Google Plus

About Walmor Carvalho

1 comentários: