Ocupação da E.E Fernão Dias Paes

Texto e Imagens: Regis (Mídia Arrow)


Como vocês puderam acompanhar por aqui, desde que foi anunciada a Reorganização das escolas, inúmeros protestos foram feitos pelos alunos secundaristas, Sindicato dos Professores e anarquistas. Todos os atos terminavam em frente à Secretaria de Ensino do Estado de São Paulo para que esta reorganização não fosse adiante. O Secretário e o Governador não voltaram atrás e os alunos decidiram ocupar as escolas.

No dia 10 de novembro de 2015 alunos do colégio E.E Fernão Dias Paes, localizada no bairro de Pinheiros, ocuparam o colégio.

Fomos lá, logo na manhã, do segundo dia de ocupação, ver como estava o clima do lado de fora.



Na rua em frente ao portão, barracas, cartazes, faixas, movimento sociais que apoiam a causa e, é claro, alunos.










Apareceram por lá, também, o ator Pascoal da Conceição e o Deputado Estadual e Professor Carlos Gianazzi do PSOL que deixaram seu apoio aos alunos.



Enquanto de um lado havia apoio do outro lado havia a tensão pois a Polícia Militar e a Força Tática cercava a escola.




Em um dado momento, todos começaram a se mover para verificar uma denúncia de que atrás da escola os policiais estavam jogando bomba. Neste momento, começou um princípio de confusão.




Policiais tentaram impedir a passagem dos jovens e seguraram um integrante do MTST, uma menina desmaiou, com o gás de pimenta lançado, e precisou de socorro.






A Major PM Raquel garantiu que o integrante do MTST não seria detido. Policiais da Força Tática chegaram com armas que disparam balas de borracha e mochilas contendo bombas de gás lacrimogênio.





Houve uma dispersão, e todos voltaram para a frente da escola informar aos ocupantes o que ocorreu do outro lado e o clima "voltou ao normal".
Dois amigos dos alunos que estão dentro da escola ocupada tiveram seus pertences revistados antes de entregar para uma das ocupantes.



Alunos continuaram com suas palavras de ordem em frente a escola enquanto os alunos de dentro levantavam cartazes e deixaram um recado para o caso de reintegração.





Como puderam ver, a promessa é de que mais escolas sejam ocupadas.
Aguardaremos as próximas.



Share on Google Plus

About Regis C.S

0 comentários:

Postar um comentário