5º Dia da 24ª Bienal Internacional do Livro de SP (Cosplayers & Origami)

Texto e Imagens: Ribas Machado


É...
Pois é...
Voltei à Bienal!
E voltei pq hoje (como teve há 2 anos atrás, na última edição) seria o "Dia Cosp..." Ops! Seria um dia normal em que pessoas que aparecessem fazendo Cosplay, ou simplesmente estivessem fantasiadas (sim, tem uma diferença), entrariam de graça...

Isto seria super hiper batuta, se não tivesse ocorrido no meio da semana (afinal de contas o mundo Cosplayer não é composto por "crianças e -ou- vagabundos que portam entorpecentes") e mesmo que só desse para ser no meio da semana (pois eu entendo que fazer tal liberação nos fins de semana seria um caos) que, ao menos, fosse idealizada toda uma programação específica com autores e atividades ligadas à este mundo, um concurso cosplayer com livros e vales como prêmios (e sem excursões de colégios marcadas, pois aquelas nuvens de pré adolescentes, abusando do "efeito manada", além de pouco gastarem só -em sua grande maioria- causavam problemas e desrespeitavam os cosplayers), enfim...

Atitudes simples e muito supimpas que fariam deste dia, MAIS UM DIA BATUTA, nesta Bienal idem (que, até agora, teve MUITO mais acertos do que erros...)

Dito isto, borandar e dizer também que...

Mesmo com as questões levantadas acima e, principalmente (mas não só) após o horário em que as excursões foram embora, o dia foi batuta...

Os cosplayers até que CONSEGUIRAM aparecer...


















Até o Chucky apareceu (e foi encontrado, adivinhem, na área de alimentação, lógico!!)


Sempre muito bem acompanhado




E este comparecimento (do Chucky e de todos os demais), causou alegria nos autores, nos estandistas e nos funcionários da Bienal...



 






Alguns, diga-se, verdadeiros fãs!!

 
E, outros, que aproveitaram o dia para entrar no clima e vir a caráter...


Foi divertido!!

E também foi interessante, pois no pra lá e pra cá, acabei reparando em espaços que não havia visto, como o...


E a...


Que era um espaço para autores independentes, como...

Zeca Machado


E Leon Idris


Também pude trombar com autores que estão pra ter sua obra (QUADRI) transformada em jogo de tabuleiro, como é o caso de Edinei Procópio...


 E com autoras (de alma e PELE GEEK) já bem conhecidas do público jovem como Babi Dewet


Não por acaso, sempre cercada por fãs...


Ah! Também consegui (ainda bem) reparar/saber que no estande da PÓLEN (desde o primeiro dia, diga-se), ajudando na promoção do papel, estava ninguém menos que o dono do SEGUNDO MAIOR CANAL YOUTUBE, DE ORIGAMI, DO MUNDO!

Me refiro a Tadashi Mori


Uma simpatia, que, após um papo batuta, gentilmente me honrou/presenteou com o seu origami mais famoso (na versão "do bem" -leia-se em um tom claro-)


Origami, este, já citado até por Stan Lee


Taí um youtuber que deveria ser convidado para eventos geeks, ao invés de tantas figuras que vivem de grunhidos, palavrões, silicones e boots...

Fica a dica!!

E assim foi este (nosso) último dia de 24ª Bienal do Livro (que ainda continua até domingo que vem e vale muito a pena visitar pois eu soube que a programação está especial!! """Pena""" que estaremos na BGS e na Mimi Party...)

Por fim, aproveitando que a moçada batuta já estava indo embora


Também me despedi e, agora...









Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

4 comentários: