5º To-Sa Matsuri (dia 01)

Texto e Imagens: Ribas Machado
Agradecimentos: Josiane Martins (pelo apoio nas fotos e amizade)



Quando o evento é bom, todo mundo quer participar, até a chuva... TSC TSC!

8h50, eu pronto pra sair de casa, e ela (a chuva) chega eufórica...

Abro a internet, navego um pouco, inclusive pela página oficial do evento, vejo alguns posts batutas, dois desnecessários e, EBA!! Tá clareando (9h40) e, enquanto caem as últimas gotas, acho batuta contar que:
  • A experiência de vocês por aqui será sempre muito mais interessante através do PC;
  • Nós adoramos curtidas na fanpage (é tão legal conhecer vocês!!)
Opa! Parou!

Borandar!

Para chegar no parque às 10h46


 (Acompanhem pelas setas vermelhas -no caso, aqui, no canto inferior esquerdo) 

Entrar e ir fazendo registros da natureza...




Enquanto caminhava até chegar na área do evento (10h53)



 Onde "entrei", fui um rápido reconhecimento...





E segui para a área cosplay...


Onde, pelo horário (11h01) deveria estar acabando o...


Obs: Digo "deveria", pois para a minha surpresa e alegria, graças à chuva e todos os problemas que ela trouxe, a programação havia atrasado e o "Karaokemon do Yatta Go" (e o palco cosplay como um todo) ainda estava em fase de ajustes (no caso específico do palco) de som...



Lá chegando, parei, me ajeitei, deixei o guarda chuva secando (informação importante né?) e...


Por mais que estivesse muito batuta ouvir uma das staffs cantando (muito bem) em japonês, quando ela acabou, olhei para os lados, a chuva havia voltado (fraca) e, na área do palco, só estava eu, o Yatta, os técnicos e staffs, aí olhei pro palco, ele olhou pra mim (heheheh), olhei para os lados de novo, vi que tudo estava ainda sendo montado/organizado e, dando uma pausa na cobertura (que mal havia começado), lá fui eu "ajudar os técnicos no ajuste do som" (leia-se: aproveitar que não tinha plateia -próxima- e cantar um pouco).


Nisso, mais pessoas foram aparecendo


E cantando...


Eu mesmo cantei mais umas músicas...

E assim foi até que o Grupo Hokage começou a chegar e...


12h05 Começaram com sua apresentação (bastante interessante)



Porém, embora muito interessante, a chuva já havia parado (há algum tempo) e eu tinha que (e queria muito) passear por todo o espaço do evento...

Então 12h40 (incomodado) levantei e fui olhar os outros espaços, da área cosplay, começando pela parte dedicada ao apoio cosplay (com camarins, tomadas e guarda volumes)





Onde fiz (mais) uma pausa para colocar o papo em dia com a patota do Maid Café Chest Of Wonders (que estava posicionado logo ao lado dos camarins) e, papo vai, papo vem...

Quase que no mesmo momento (13h05) em que eu fazia o primeiro registro de um cosplayer, no evento...



A Josi (que estava chegando 13h10) também fazia seus primeiros registros (no caso, também, de cosplayers) no Metrô...



Um pouquinho mais de papo e vi que lá no palco, estava começando uma palestra sobre a arte dos "cosmakers"


Voltei lá para ouvir um pouco...


Enquanto (ao mesmo tempo) acompanhava a patota do Clã Darastrix de Sword Play que estava posicionada entre os dois espaços (visitados, e citados acima) e se preparava (e se aquecia) para receber pessoas interessadas nesta arte.




Mas novamente o tempo passou e (NOVAMENTE) eu me lembrei que não estava por lá para curtir o evento, então (13h22) deixei o workshop (e todo o espaço cosplay) pra trás e, aproveitando o parada da chuva fui caminhar e procurar o responsável pela organização de todo o evento (Takeda)...

Pelo caminho, dei uma olhada na programação...




Contornei toda a área (de areia) do palco principal


E cheguei no prédio base da organização


Onde fui recepcionado pelo...



Entrei e, da sacada, fiz (só para vocês entenderem, eu estava lá naquelas estruturas laranjas que podem ser vistas na, parte superior esquerda de) o registro abaixo...



Em seguida fiz um rápido e básico reconhecimento do espaço e...

Enquanto a Josi chegava no parque (13h30)


(Sim, o Parque também tinha o atrativo de ser uma mina de pokemons!!)



Eu saí do prédio e fui pisar na areia para descobrir o que tinha embaixo  das grandes tendas (que aparecem no centro/direta da foto panorâmica acima)


Enquanto passeava pelas tendas, reparei que no palco principal ocorria uma apresentação do Artista Ricardo Nakase


Pelo visual e qualidade vocal, resolvi ir olhar mais de perto (13h36)


Mesma ideia da Josi (que já estava pelo evento...)


Momento (13h37) em que nos encontramos e encontramos mais cosplayers...

Alias, por falar em encontros, ao sair da areia, encontramos um dos Organizadores do Espaço Cosplay, o Cleiton (que estava todo feliz por ter acabado de ganhar uma Action Figure do Cavaleiros do Zodíaco -ele é fã-)


E, andando e conversando com ele (Cleiton), finalmente encontramos (14h00) o Takeda e boa parte da organização do Evento...



Alias, por falar no Takeda, ele, (sempre) muito gentil, nos levou por um tour pelas (dezenas de) barracas de comida, onde, durante as várias conversas com os barraqueiros, tivemos uma verdadeira aula sobre a cultura japonesa (quem não entendeu/estranhou a relação, aprenda que a comida típica de um povo, diz/conta muito sobre sua -dele, povo- cultura e historia).

 


Tudo muito bom, tudo muito bem, mas fica difícil assistir uma aula (mesmo uma tão interessante) na hora do almoço, sem comer algo, então...

Mais uma pausa...





Estômago cheio, de alimentos deliciosos, vendidos por um preço super justo (ainda mais, se comparado com muitas barracas e espaços de alimentação que encontramos por aí em muitos eventos)...



 Fomos (14h50) assistir um pouco do Show da Cantora Mariana Suzuke



(Nas observações finais, tocaremos em um ponto ligado ao vídeo acima)


Porém, como já estava pra dar 15h00 (e a abertura oficial do evento seria Às 15h30), fomos até o prédio base da organização ver quais convidados já haviam chegado...

Pelo caminho...



E da sacada do prédio...


Dava pra ver/cruzar alguns cosplayers passando pra lá...


E pra cá...




Também víamos alguns caçando Pokemons...


E vimos que havíamos nos desencontrado dos convidados, alguns já dando entrevistas para outros coleguinhas (tinham muitos, de vários veículos nacionais e internacionais, cobrindo o evento)


Aí, toca voltar para a areia, fazer alguns registros e...




Nos posicionar para acompanhar a cerimônia de abertura oficial do 5º TO-SA Matsuri...


Iniciada (15h34) com a composição da "Mesa", seguida do...


(15h39) Hino e hasteamento da bandeira do Japão


(15h40) Hino e hasteamento da bandeira do Brasil


E finalizada (15h45) com uma linda cerimônia Budista



Registros feitos, enquanto a Josi seguiu para o espaço Cosplay (que ainda não havia visitado)



E acompanhou um pouco da apresentação do DJ 17


Eu fui para trás do palco principal, onde interagi com os Staffs (16h30)


Registrei o novo visual do Grupo Hokage, que iria subir, em breve, ao palco principal para nova apresentação (na foto abaixo, ladeando a Cristiane A. Sato, da ABRADEMI)


E bati um papo (16h38) com o Dr. Raphael Covolo (representante, no Brasil, do Concurso Cosplay World Masters)



Registro (em dois vídeos -tivemos que pausar pois, por também ser empresário/advogado de uma das bandas que, em breve, iria se apresentar, acabava sempre sendo requisitado para resolver alguma questão e a linha de raciocínio se perdia... Paciência...) finalizado...

O papo (muito bacana) em off continuou, tanto com ele, quanto com os integrantes da banda Gaijin Sentai, que já estavam lá por trás, esperando prontos para fazer sua apresentação...

Que começou às 17h10!


E foi supimpa!!



Intercalando entre os cantores principais...





Momentos instrumentais


E participações muito especiais como a do Diogo Miahara


 


Que, logo após o show (18h12) bateu um papo conosco


Show finalizado, papo batuta registrado (com dificuldade, pois todas as câmeras resolveram bugar neste momento, até achei que algum OVNI iria aparecer ali, trazendo vários monstros clássicos dos Tokusatsus...), registramos mais algumas pessoas...


Encontramos o (amigo do site) Cody que estava com amigos curtindo o show da Gaijin


E seguimos (quem não entendeu o plural usado, entendam que desde o início do Show, a Josi já havia voltado do espaço cosplay) para as grandes tendas


Onde a banda (18h21) após atender (numa boa e sem nenhuma onda) TODOS os fãs, registrou formalmente, um papo conosco...




Registro feito, deixamos eles por lá (pois mais fãs haviam chegado) e, lá nas tendas mesmo, fomos até o espaço reservado para os monges budistas...

Porém, como eu disse acima, mais fãs da Gaijin chegaram e a banda se animava cada vez mais (ao invés de demonstrar algum sinal de cansaço ou estrelismo), isso complicou qualquer entrevista com os monges...

Mas não impossibilitou, pois em companhia do Moge do Budismo Primordial Eishin Suzuki, fomos até o prédio base da organização, onde ele após um papo muito agradável e instrutivo, nos concedeu (18h34) o seguinte registro:



Registro feito, nos despedimos, saímos do prédio...

(nós) Ainda achamos alguns cosplayers...



E, como tudo (por ali) já estava terminando...


A Josi seguiu para o Metro (aproveitando a "carona/companhia" de conhecidos que já estavam indo embora...

E eu fui me despedir dos (e bater alguns papos em off com os) organizadores do espaço cosplay!

Lá chegando, ainda peguei o finalzinho do Show da (ótima) banda Shadaloo, com quem bati um papo batuta (19h18)...



E depois, por lá fiquei conversando e organizando a pauta de amanhã, até umas 19h30/20h00, quando, finalmente, segui caminho, pois amanhã tem (muito) mais...


Observações finais (deste primeiro dia):
  • Vamos começar com a promessa feita quando citei o vídeo da Mariana Suzuke, e começo por aqui, pois, infelizmente, este foi o único defeito de todo o evento... Explico, ambos os palcos foram montados com um sistema/arquitetura de iluminação que fazia explodir (ou dificultar muito) as filmagens, pois ao invés das luzes só iluminarem os artistas, haviam focos constantes (e muito fortes) na plateia, isto, somado aos telões de fundo (principalmente o do palco principal) ou transformavam os artistas em sombras ou (e) "explodiam as câmeras", pena...
  • Com relação aos (proporcionalmente) poucos cosplayers, vale destacar que encontrei muita gente, clássica deste mundo, sem o cos... A chuva também (eu sei/acompanhei que) desanimou muita gente (que, ou não colocou cos, ou simplesmente não foi e perdeu uma estrutura maravilhosa somada a momentos especiais!! Paciência)... Outro ponto, nesta observação, diz respeito ao fato dos dois concursos terem sido marcados para o domingo, TALVEZ numa próxima edição (com ou sem chuva) fosse batuta ter um concurso também no sábado... Fica uma dica! 
  • Lógico que a chuva, causou problemas e estragos (além de afastar o público que não gosta de se molhar e perdeu uma maravilhosa estrutura especialmente montada para ele), teve até quem reclamou disso nas redes sociais (não entendi exatamente a razão, pois) durante todo tempo que por lá fiquei, vi todo o grupo de orgs e staffs RESOLVENDO uma a uma das questões...
  • Feitas as Três observações mais chatinhas, acima, vale destacar que SINCERAMENTE me assustei com TODA A SUPER estrutura montada em um evento gratuito!!! Me impressionei mesmo, com a qualidade e quantidade de espaços, atrações, shows, comidas, atividades... 
  • Adorei a postura dos organizadores e staffs (muitos alias, que já encontrei em outros eventos e, TALVEZ, pelo treinamento/ordens recebidas, nestes, agiam de outra forma)... -AH! Ribas, os caras já estavam inundados de problemas, lógico que eles iriam fazer média com a imprensa!!! Isso até tem lógica se fosse só comigo e com os coleguinhas dos veículos grandes, mas, não... Fiquei quase 12 horas por lá e, graças a chuva, pude/tive que ficar várias vezes abrigado/ilhado, em vários e diferentes locais, quando, então, pude comprovar (e quem me conhece um pouquinho sabe que SEMPRE estou de olho em tudo) a humanidade e gentileza com que todo o grupo tratava à todos os presentes e a relação batuta existente entre eles mesmos... Alias, nos dois dias de evento pude ver/sentir (principalmente) da organização (encabeçada pelo Takeda) uma energia (vinda deles) de agradecimento e preocupação para com todos que lá estavam... Isso foi muito batuta!!
  • Por fim, outro ponto que MUITO me agradou (e se repetiu no segundo dia -estou finalizando este texto na segunda, dia 22-) foi a relação livre, leve e solta que os artistas tiveram com o público!! Tá, eu sei que são profissionais e não vejo nenhum problema em cobrar por M&G, dar pouco tempo para contato/fotos/autógrafos, quando isto ocorre eu não vejo problema nem julgo... Mas quando ocorre o contrário e (todos) eles vão pra galera, aí só consigo elogiar por tais posturas!
  • Ainda com relação à todos (sem exceção) os artistas e bandas, vale o elogio pela postura MAIS QUE profissional, digo isto pois fazer um show bacana seja para uma pessoa ou um milhão é algo que mostra o profissionalismo dos artistas, MAS fazer um show bacana e interagir, emocionar, respeitar e se emocionar com plateia reduzida é algo que vai muito além do profissional e comprova que, realmente, a organização conseguiu selecionar ARTISTAS DE VERDADE para o seu evento!
  • Lembrem que não fazemos revisão (nem temos revisor) para publicar, portanto qualquer correção, POR FAVOR, nos avisem e arrumaremos com muita alegria!
Enfim... Até teria mais pontos para se tocar, porém ainda tem o segundo dia, então...

Até lá!!



Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário