1º Dia do 3º Festival Boca do Inferno


Texto e Imagens: Ribas Machado



Vocês curtem o gênero "terror"?

Vocês conhecem o website Boca do Inferno?


Pois bem, para quem ainda não conhece (vai entender né!!?!) vale repetir a apresentação oficial deles:

Maior e mais antigo site de horror da América Latina, tendo ganhado diversos concursos na internet, o Boca do Inferno surgiu com a necessidade de desmarginalizar o gênero no Brasil, divulgando todas as vertentes do estilo, desde cinema independente e os blockbusters até a literatura fantástica, quadrinhos e games. Possui mais de 200 mil visitas diárias, como um influente espaço de exposição do medo com críticas, artigos e novidades.

Batuta né?

Só que não acaba aí... Pois, neste fim de semana (hoje, dia 19, e amanhã...), a moçada deste site estará organizando/organizou a 3ª Edição do "Festival Boca do Inferno" que, segundo a (também) explicação oficial deles (organizadores):

Tendo em vista a necessidade de fomentar a cidade de São Paulo como um espaço voltado à fantasia, ficção científica e o terror, o Festival Boca do Inferno (FBI) surge com a proposta de exibição de curtas e longas nacionais e internacionais, além de apresentar palestras, mesas de debate, exposição de produtos do gênero, lançamento de livros e apresentação musical. Foram realizadas duas edições na Biblioteca Viriato Corrêa (em 2014 e 2015), sendo esta a primeira na Oficina Cultural Oswald de Andrade.



E, nesta edição do festival, a programação está especial:










O que me fez sair de casa correndo para não perder nada deste primeiro dia...

É verdade que cheguei, teoricamente, um pouco tarde (16h16)


Mas, uma vez dentro do espaço/universo fantástico do festival...



O tempo andou a meu favor pois...

  • Pude me ambientar/localizar dentro da (Oficina Cultural) Oswald


  • Pude conhecer os espaços, em especial o "cinema" (sempre lotado)


  • Consegui assistir a palestra e lançamento oficial do livro "Medo de Palhaço" (com direito a bate papo muito supimpa com 4 dos 5 autores)



  • Assisti a (ótima) Palestra "SUPERMAX e as séries de terror", com o ator Ademir Emboava

 (quem me achou??)

  •  Tive um papo muito batuta (só que em off) (e fiz um registro também batuta) com Palestrante/Ator Ademir

E, ainda consegui tempo para conversar com os expositores, estandistas e autores/escritores presentes, como, por exemplo, o Eduardo Kasse...


Enfim, foi um primeiro dia muito especial, em um espaço bem bacana...

Podia/merecia ter MUITO MAIS público? SIM!

Mas quem não foi (e foi até que bastante gente...) PERDEU!!

Até a próxima!






Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário