CCXP 2016 (dia 2)


Texto e imagens: Ribas Machado

(A fofura de Simon Bisley & Tsutomu Nihei - FOTO de Thiago Nojiri)


Bom...

Na cobertura do primeiro dia, eu optei por colocar como capa aquela imagem que respondia o pq da CCXP ser épica, tá, ok, para quem estava lá dentro bastava olhar em volta mesmo, mas para quem não estava e ficou olhando com uma cara bugada para a imagem, acho que é batuta citar que, neste evento épico, só no dia de hoje, por exemplo, dentre muitas outras coisas, era possível para qualquer pessoa que estivesse no lugar e momento certo (segue um top5 aleatório)...
  • Presenciar a imagem de capa, acima;
  • Estar parado, sossegadinho, mandando uma mensagem pelo "zap" (sim a GILLETTE manteve um bom sinal wifi, ABERTO, durante todo o evento) e o casal Milla Jojovich & Paul Anderson passar a 2 metros de você dando tchauzinho;
  • Você estar (novamente) parado, sossegado, entrevistando uma amiga cosplayer para o quadro "Cosplayers contam a sua história", o Renato Aragão resolver ir passear pela feira, disfarçado, te reconhecer, dar oi e vir tirar fotos com sua (minha) amiga cosplayer...
 

  • Relógio marcar 18h10 passadas, e você perambulando pelo mezanino, incomodado por não ter acompanhado o painel "Netflix - O mundo de 3%" (era um caos entrar no auditório Cinemark sem o bendito decalque -vide cobertura do dia 01- pois ou você cobria e se divertia no evento, ou ficava numa fila imensa, sem perspectiva de sucesso na entrada, afinal ninguém que estava lá dentro, era obrigado a sair quando os painéis acabavam), sentir um grupo se aproximando, ouvir/ver um oi (de uma das diretoras que te reconheceu), se refazer do susto (mais um) e reparar que lá (na sua frente) estão os diretores/criadores/roteiristas indo passear pela feira, aí ter uma ideia, ter sua ideia aceita pelo grupo e seguir para pô-la em prática...


(da esq pra dir: Ator responsável pela ação -que, ok, vacilei em não pegar o nome- Pedro Aguilera, Dani Libardi, Um qualquer que se meteu na foto, Jotagá Crema, Daina Giannecchini, Ivan Nakamura e Denis Nielsen)

  •  Você estar conversando com pessoas, sem grandes expectativas, e reencontrar a lenda... (alias, para quem ficou esperando a promessa feita durante a Bienal, saiba que reforçamos o combinado e vocês podem aguardar para breve...)
 

Enfim, sinceramente, dá pra dizer que a CCXP não foi épica!!???

Pois é...

Dito isto, borandar e iniciar a cobertura formal...

E começo dizendo que este dia começou já no Metrô, quando entrei no vagão na Sé e acabei sentando ao lado de um sujeito carregando uma caixa, olhei melhor, reparei que ele estava com uma credencial CCXP para a área dos quadrinistas/artistas, puxei papo...

Seguimos o papo no ônibus



E gravamos um papo na chegada (10h44)...


Papo gravado, cada um seguiu seu caminho e...



11h14 eu já estava no enorme estande da FOX/Tele Cine (lembram das últimas fotos da cobertura de ontem), cheio de atrações e ações, onde, aproveitando a pequena fila, fui enviar minha despedida para o "Logan"...


Autorização de imagem preenchida...


Lá fui eu pra salinha...


Gravei e fui gravado...


E por fim, tentei tirar uma bolinha amarela de um saco, para GANHAR (sim, de graça, não era necessário gastar nada para todo o processo) uma DOG TAG personalizada, com meu nome (não consegui... snif snif)


 11h32 observei alguns saltos de fé (outra das ações lá do MEGA estande)


Dei uma olhada na programação de hoje...


Fiz registros mentais para alguma possível emergência...


E saí caminhando pelo evento, fazendo registros de outras ações e atividades batutas...

 

 



Pelo caminho, descobri (assumo que não havia visto, ontem) que a CCXP tinha palcos com shows rolando direto (sim, plural)


De lá segui para a área dos artistas/quadrinistas, onde 11h54, dei um oi para o meu amigo de metrô...


E fui (12h10) para o espaço do lendário Simon "Lobo" Bisley


Onde esperei ele acabar (mais) uma obra de arte para um fã (essas eram pagas, bem pagas, mas valiam cada centavo)


Enquanto era organizada a foto (de capa desta cobertura) com o Mestre Tsutomo Nihei (que estava humildemente na fila para comprar uma arte exclusiva feita na hora)


E algumas fotos comigo




Ainda emocionado com a sessão de fotos acima, saí caminhando e conhecendo mais o evento e...

13h30 acabei chegando no Estando do SESI (sempre muito bem montado e organizado pela Maria Fernanda Salla), onde dei a sorte de encontrar dois amigos, um de infância (hoje, um dos responsáveis por essas ações e pela parte editorial do SESI) Rodrigo e outro, mais recente... A lenda Marcelo Campos.


Coloquei o papo em dia, fiz registros...


E lá fui eu pelo evento, rodei mais um pouco lá embaixo, subi pro mezanino, recebi uma mensagem da amiga cosplayer Thuani Salvioli e (15h03), enquanto respondia e passava minha localização, eis que ocorre o que você já viram, mas não custa repetir...


Passado o momento épico, vou "buscar" a amiga, volto (com ela) pro mezanino, começamos a gravar a entrevista e (15h30)...


15h41, entrevista finalizada (ambos refeitos) fomos passear um pouco pelo evento




 


Nisso, 16h19, nos despedimos ela foi atrás do que queria fazer e eu fui pra o estande da AXN (que tratava com muito respeito a imprensa, graças ao seu assessor Renan) participar da ação batuta deles...


Na porta, Maid e Buttler, disfarçados, esperavam para fazer o mesmo...



16h22, inicio minha investigação...








Parto para colher depoimentos...

Ganho brindes batutas...


Deixo o estande da...
 

E saio passeando pelo evento (17h03) até pq o painel "Netflix - O Mundo de 3%" essa hora, já estava começando e minha pauta teria que ser adiada ou até derrubada... snif snif

Pelo caminho 17h28, descubro que o Show dos Cavaleiros In Concert havia acabado de acabar e eu havia perdido (oh dia, oh azar... SQN!!!!), mas como tudo tem um lado bom... Com o show finalizado a Larissa Tassi, o Ricardo Cruz e o Rodrigo Rossi estavam com tempo p prosear, fotografar e brincar...





17h45 deixei o trio, já me agendando para o show de amanhã, e segui para o Mezanino (pra ver se surgia mais alguma pauta supimpa)

Pelo caminho, trombei com a dupla abaixo (que é do grupo Winchester Forever) proseamos um pouco e...



18h08 eu já estava mezanino onde caminhei um pouquinho rumo ao setor de camarins, a porta do setor se abre e de lá saem os criadores, diretores/roteiristas da série 3 por cento - 3% (vulgo: minha pauta), papo vai, papo vem, descemos juntos até o estande da Netflix, fizemos a brincadeira que vocês já viram... E, após mais um pouco de papo (18h40) eu os deixei (em paz) aproveitando o evento me despedi e segui caminho, feliz e contente...



Caminhei um pouco por baixo, subi novamente pro mezanino onde, 19h29, literalmente trombei com amigos (de outros Estados) cosplayers (à paisana) que iriam participar e disputar, contra outros coleguinhas, no grande concurso (categoria apresentação) do domingo onde iriam concorrer a um carro!



Fiquei por lá conversando e...

20h19...


Então, com o dia já ganho, 21h00 eu fui pro andar de baixo, onde fiquei passeando até por volta das 22h31, quando fiz os registros abaixo...

 


E iniciei o caminho de volta pra casa...

Até a próx...


- MAS RIBAS, E OS COSPLAYERS!!!!!!!??????


Calma!!

Eu não me esqueci deles não, só os guardei para o final!!


























 (Batuta acabar com esta foto, afinal a Syfy era a responsável pelo 
camarim cosplay - que irei falar bastante a respeito, nos próximos dias...)


Agora sim...

Até a próxima!!

Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário