1º dia na Campus Party 2017 (#CPBR10)

Texto e Imagens: Ribas Machado


Sim, é verdade (acreditem) que 9h00 eu já estava na Estação Tietê, de onde pretendia tomar um dos ônibus da Campus e seguir pro evento, porém, graças a uma falta de acertos neste serviço (que, já soube, foram resolvidos!! Confirmarei amanhã), só consegui chegar/entrar no FUTURO 10h00.

Isto foi chato, lógico, mas não gerou problema nenhum pois a coletiva de imprensa (pré abertura oficial dos portões), brilhantemente conduzida pela coleguinha Fernanda Arantes, aparentemente, também atrasou e, só depois de eu já estar devidamente acomodado (10h12) que os trabalhos começaram...






Inicialmente com:
  • Francesco Farruggia, Presidente do Instituto Campus Party


  • Tonico Novaes, Diretor Geral da Campus Party


  • Daniel Annenberg - Secretário Municipal de Inovação e Tecnologia da Cidade de São Paulo


  • Ribamar Mendes, Gerente do Escritório Regional da TELEBRAS


  • Fernando Teles, country manager da Visa no Brás


  • Heloísa Menezes, Diretora Técnica do SEBRAE



Coletiva que durou até por volta das 11h15




E, em seguida, 11hh37, (TODOS) nós, da imprensa, ganhamos um passeio/tour, guiado pelo Tonico Novaes, e pudemos (e vocês poderão, abaixo) conhecer todo o espaço e estrutura do evento. Tal tour acabou, pontualmente 12h00, quando então a fita foi cortada e os portões foram oficialmente abertos!




Nisso, após acompanhar (como vocês viram) as primeiras entradas, fui para um lugar mais alto e de lá busquei fazer alguns registros do espaço.









Então, conforme o "meu lugar mais alto" começava a encher de gente com fome, acabei conhecendo um grupo muito batuta que acabou me proporcionando guias e orientadores oficiais...

Me refiro ao Campuseiro e Palestrante, Prof. José Marques (Alagoas)



E ao grupo de campuseiros, composto pelo Arthur (Ceará), Ângelo (Espírito Santo), Ariel (Taboão da Serra/ São Paulo), Flávio (Santos/São Paulo), Matheus (Minas Gerais) e Jorge Miguel (Bahia).


Com eles aprendi muitos segredos, usos e costumes dos Campuseiros, soube da "Campus B", ouvi muitas historias que acontecem quando o público vai embora e, também, tomei conhecimento das comunidades que a cada Campus vão se formando e (ou) se reforçando, fortalecendo raízes mais ou menos tradicionais, sempre com um objetivo comum bem claro, qual seja o de ajudar e acolher os/as novatos/padawans. Soube de comunidades antigas, novas, de cidades, caravanas, compostas só por mulheres, só por campuseiros do público GLBT, enfim, uma infinidade de propostas e tradições!

Comunidades estas que, em companhia dos meus "iniciadores", saí conhecendo, conversando com seus membros e Elders e, logicamente, registrando tudo!!

 (uma de muitas comunidades com quem conversei)

Por fim, hoje, fiz uma volta de ambientação seguida de um pit stop na sala de imprensa, que fica em um grande cercado de vidro, posicionado no lugar mais nobre do evento (bem em frente ao palco principal, o que me deixou ainda mais impressionado com o respeito que TODA A ORGANIZAÇÃO tem mostrado para conosco!!!! To pra ver igual viu... IMPRESSIONADO!!!), lá recarreguei a bateria e, enquanto fazia tal ação e conversava com os membros da assessoria de imprensa, dando uma passada de olhos no evento, vejo uma pessoa parada conversando em um grupo e... Ops!! Será!!???

Saio da sala, converso com staffs que estavam próximos ao grupo, confirmo minhas suspeitas, converso com um dos ORGANIZADORES DO EVENTO que quase deu risada (respeitosa) do meu excesso de zelo na abordagem e, com a intercessão deste organizador, pude ter contato com a lenda Pete Bethune (O neozelandês Pete Bethune é globalmente aclamado como eco aventureiro, conservador marinho e palestrante. Ambientalista e militante contra pesca de baleias, ele é reconhecido como eco guerreiro. Dedicou sua vida a expor crimes ambientais pelo mundo e proteger a vida e ecossistemas selvagens. A série de TV ""The Operatives"" mostrou onde Bethune e sua equipe, formada por militares, concluíram missões de alto risco em países que lutavam com a caça e a pesca ilegal e o tráfico de animais silvestres. Empenha-se para provar que combustíveis hidrocarbonetos podem ser substituídos por biocombustíveis sustentáveis. Ele teve o Earthrace projetado por LOMOcean Design e o construiu para quebrar o recorde mundial de circunavegação por um powerboat (barco movido a combustível, renovável neste caso) na esperança de que isso poderia chamar a atenção para a viabilização de biodiesel como combustível alternativo. Whale Warriors, seu livro de 2010, focado nos eventos do Oceano Antártico, é campeão mundial em vendas) com quem pude conversar (com ele estava uma simpática interprete) quando, assumindo minha tietagem, assumindo (literalmente) meu momento fã, conversei, gravei e tirei fotos com ele! (me julguem hehe)




Papo findo (por mim, pois ele estava lá sossegado e sem nenhum sinal de pressa) e foto tirada, a assessora/tradutora, quase espantada, me pergunta, "só isso, não quer mais nada?", no que eu sem ação ou reação, respondi, não, MUITO obrigado, e fiquei parado vendo eles irem passear pelo evento...

É como eu sempre digo aqui, quanto maior a pessoa, maior a humildade!

DEFINITIVAMENTE eu estou impressionado com este evento e toda a sua energia/aura!!

Se o FUTURO será assim, vou começar a cuidar mais da saúde pois eu quero muito poder vivenciá-lo em sua plenitude!!

Neste momento a CPBR10 já podia acabar e, como eu tinha que fechar uma pauta pendente, comecei o trajeto de saída e, pelo caminho, fui fazendo alguns registros (principalmente) na área aberta/gratuita









Sim, o espaço do evento está dividido em 3 partes, uma parte gratuita ("área OPEN", que não aparece na foto abaixo, mas estaria lá na extrema direita) onde qualquer pessoa pode entrar e aproveitar, uma área fechada/paga (direita, na foto abaixo) só acessível aos campuseiros credenciados, e uma terceira área (o camping -esquerda, na foto abaixo-) em que apenas os campuseiros que optaram (e pagaram) para acampar podem acessar...




E, bom, acho que...

- RIBAS!!! Volta!! Nós não vamos conhecer as comunidades!!!???

Que, ahn, comunidades?? Ah sim!!!

Lógico que vão, mas não hoje! Decidi que não farei as clássicas coberturas diárias, mas, sim, uma variação com coberturas diárias/temáticas...

Hoje mostrei o que só foi mostrado pra imprensa e fiz um pequeno (minúsculo apanhado do evento), nos próximos dias buscarei trazer/fazer postagens temáticas e, sempre mostrando situações e curiosidades do dia, darei um maior enfoque um dia para as comunidades, outro para os estandes e assim seguirei até dia 05!

Pode ser?

Estão comigo?

Então Borandar!!!

Até amanhã, na...



Observação Final: Existe cosplay na Campus Party!!





Share on Google Plus

About Videoteca do Olhar Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário