Anime Guarulhos Festival 2018 (os dois dias do...)

Texto e Imagens: Ribas Machado
Imagens(sem data e hora): MOS Toyota
Agradecimentos (pela foto do júri): Washington "Otaku Gattai"



Fim de semana passou e, nele, ocorreu mais uma (EBA!!!) edição do Maior evento otaku raiz, GRATUITO, de Sampa e região!!

To falando do Anime Guarulhos Festival (AGF, para os íntimos)

To falando de um evento que eu fui (nos dois dias) e sempre voltarei (pois me sinto em casa)...
To falando de um evento que eu adoro e, que tanto pro mal quanto pro BEM, mantém sua essência, quase intocada e, aqui, ME FORÇO a  dizer...

Que... 
OK os pontos negativos que já escrevi e reescrevi no passado continuam presentes mas, dessa vez, acho que ao (literalmente) vestir a camisa do evento (Sim, eu ganhei uma...)
 (Aproveito pra registrar/parabenizar essa dupla da 
organização que, sempre atenta, não deixava
nada de errado passar e, inclusive, pude acompanhar
um momento em que elas intercederam
firmemente em defesa de uma guria e, por
tabela, em defesa do clima maravilhoso do AGF)
Consegui enxergar, tais pontos, de uma forma diferente...

Explico...

Sim, a enchente e a mistura de tribos ainda me incomoda (e com certeza não facilita a vida de cosplayers que queiram andar pelo evento e conhecê-lo/aproveitá-lo) mas, sempre fugindo de comentários "chapa branca" digo a vocês que, talvez por influência mágica da camiseta, talvez por influência das pesquisas e matéria que postei, recentemente, sobre a World Con (LINK)...

Eu meio que fui levado ao passado (isso foi batuta) e consegui (acho que finalmente) entender/enxergar a "vibe" do AGF e, com ela, entender um paradoxo que sempre me atormentou, qual seja, o fato de odiar os (poucos, embora teimosos) defeitos, sempre presentes e, quase que ao mesmo tempo (tudo junto e misturado), mesmo assim, ADORAR o evento...

Vale dizer (e acho que falarei mais e especificamente sobre isto, mais a frente) que até a enorme presença de cosplayers no desfile não competitivo, comparada com a tímida presença de (12) inscrições na apresentação competitiva, ajudou neste entendimento...

E da mesma forma que me sentia enfeitiçado no UP! (passado, pois não fui na edição 2017 então não sei dizer se ainda está assim), e no (formato/local antigo do) Ressaca (lá na faculdade que virava um caos se chovesse), eventos estes que, para mim (sempre falei sobre isso por aqui), davam a mágica impressão de que os PERSONAGENS ganhavam vida, rasgavam o véu e, duas vezes (as vezes três -quando o UP! tinha duas edições-) no ano, vinham se divertir nos eventos , acho que (repito), FINALMENTE compreendi mais um efeito mágico que, anualmente, me domina e que sempre fez com que eu adorasse o AGF...

Explico...

Além de todas as coisas boas do AGF, fato é que ele (me) promove uma fantástica volta no tempo, uma maravilhosa volta aos eventos mais puros, mais descompromissados com $$$, com (excesso) de competição, de regras um tanto excessivas, me traz à lembrança (e meio que tb as concretiza) os eventos de fã pra fã, em que o povo fazia cos, simplesmente, por curtirem os personagens... E, até as misturas de tribo (que gera sim, alguns problemas), as enchentes, as plaquinhas (em quantidade infinita) com dizeres fofos e algumas bobagens (desnecessárias hoje e sempre), as quebras das poucas regras, tudo isto também acaba ajudando a compor este cenário saudosista...

É verdade que para um velho ranzinza como eu, certas coisas que já não são mais bem vistas (acho que nunca foram, mas no passado eram mais relevadas...) podiam ser apagadas desse tour supimpa ao passado mas, talvez, esta ausência quebrasse a mágica...





FOCO RIBAS!!!

Tá bom!!  Tá bom!!!

E, bom...

Realmente (novamente) amei (mais) esta edição!!!

Edição em que mais uma vez tive a honra de compor o júri principal das apresentações Cosplay (muito obrigado pelo novo convite)



Uma edição que manteve a super tradição de trazer grandes nomes da dublagem (eu AMO)

(Angélica Santos, Rodrigo "AGF" e Kate Kelly)









(Erik Visses, Roseli "AGF" e Carlinhos Silveira)





Edição que trouxe bandas muito batutas do naipe da (dentre outras)...
 
  • Elísios


  • Aura Break


  • Arigatões



  • Crows (slipknot cover )







(Nota mental: Calar a boca durante as fotos)


Dentre muitas outras atrações, salas temáticas, bate papos, stand up do Bine... (a programação estava bem extensa e cheia de qualidade!!!)










 E, lógico, MUITOS Cosplayers que, sábado, participaram do desfile não competitivo e domingo (quem quis, participou) das apresentações em dupla e individual (com super prêmios)






Mas os cosplayers não estavam só nos concursos não...

Eles e elas estavam em todos os cantos do Adamastor!!!









































Pra alegria dos fãs, das famílias, MINHA e deles mesmos que (eu sei que) amam esta interação!!




Enfim eu amo este evento... (e, ainda falando em cosplayers, pude gravar 3 novos episódios da série, "Cosplayers Contam Sua História"... Aguardem...)



Evento onde reencontro amigos...


 (Sim, esta foto está estranha, mas ela possui uma piada interna, uma msg subliminar e, por isso, tinha que estar aqui hehehehe)



E, onde, mesmo sendo porta aberta, muita agente ajuda quem nada tem...



Enfim, como disse lá em cima, um evento que me remete a uma época mais limpa e mais pura!!!

Até a próxima!!!



P.S: Não, eu não esqueci que prometi falar  sobre a pouca adesão à apresentação (12) e, o que tenho a dizer é que o grande ganhador desta edição foi o Israel "Batman" Barros, e uso dele pra dizer uma coisa pra vocês...Sim, é verdade que vivemos num atual "segredo de tostines", onde poucos eventos fazem concurso no modelo apresentação, com a alegação de que ninguém se inscreve e, ao mesmo tempo, pouca gente se inscreve em razão da insegurança em poder se programar antecipadamente, afinal nunca se sabe qdo teremos algum evento com apresentação... Isso é ruim e o Israel é uma prova viva de que acreditar E SE PREPARAR, sempre dá resultado... Sim, ele é marrento, ele "critica memu" mas, em paralelo ele busca melhorar, busca aprimorar a técnica, ele ouve (acreditem!!! hehehe) e, sempre esta tentando (se inscrevendo) e com isto tem melhorado muuuuuito!!! (sem querer posso dizer que acompanhei toda a trajetória até aqui) e, ok!! cosplay, definitivamente, NÃO é só competição, mas competição é competição, ou seja, exige preparo, estratégia, treino, exige competir, e todo mundo pode ganhar, basta PRIMEIRO, competir... E segundo buscar sempre melhorar... Espero vê-los em breve cada vez em mais quantidade e com mais qualidade!!!


 E, ah!! EVENTOS!!! Apresentação é batuta viu!!!


Fim! hehehehe


Share on Google Plus

About Canal do Ribas Machado

4 comentários:

  1. Deveria mudar de nome, tá sendo evento geek.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada amore pelo elogio só fizemos nossa parte

    ResponderExcluir
  3. Cara, esse evento foi divertido demais! Minha banda toda curtiu a qualidade, o equipamento,a equipe nos tratou super bem... espero que nos chamem mais vezes!^^

    ResponderExcluir