Dois (primeiros) dias na Brasil Game Show (10 e 11 de outubro)

Texto e imagens: Ribas Machado
Imagens: Rapha Covolo
Imagens MOS Toyota



Bom...

Recapitulando

  • Na edição de 2017, dobramos a meta (e pudemos verificar melhorias sensíveis em alguns pontos).
Agora, chegou a edição de 2018 e...


#Partiu BGS!!

(Montagem TOSCA, feita por mim -Ribas- pq eu quis... usando a foto tirada ontem -abaixo)





Bom, tosquices de lado hehehe, vale começar contando que, para o público em geral e, em especial, para os cosplayers (teremos uma "obs" sobre eles ao final), um ponto bem batuta desta edição está na estrutura dos estandes (iluminação, muitas máquinas para jogar...) /cenários e, principalmente, na relativa facilidade de interagir com os mesmos...

Tudo bem que no fim de semana e no feriado (hoje, agora...) deve estar meio caótica tal interação mas, nos dias que fomos, pudemos curtir um pouco com relativa tranquilidade...







Tá que a facilidade fez com que eu me animasse e tentasse levar uns explosivos pra casa (afinal de contas o segundo turno está logo aí, e os cenários distópicos, quase apocalípticos, que começam a se construir, são preocupantes e, se realmente ocorrerem, é sempre bom ter opções, afinal "atirar na cabeça" nem sempre é fácil...)...


Mas...


Deu ruim!!!



E lá fui eu embora da BGS, DE NOVO, numa viatura com sirene ligada tsc tsc


Historinhas bobocas de lado hehehehe


Outro ponto que (sempre) merece (um super) destaque, diz respeito à assessoria de imprensa coordenada pela Rosa Arrais, sempre profissional e atenciosa, desde a chegada...



Passando pela Sala de imprensa 





Onde, além de tudo que já foi proporcionado nas últimas edições (wifi, tomadas, estrutura, conforto, água, suco, café), incluindo as cadeiras de massagem...


(como sempre) Eles inovaram!!!

Pois dessa vez era possível (gratuitamente) receber todo um tratamento OSTEOPÁTICO (proporcionado pela Clinica EOM - Escola de Osteopatia de Madrid)



E...
Sendo possível, lá fui eu...



Fiquei descalço, subi em uma balança maluca que me analisava...




E enquanto esperava uma "sala/cama" vagar, fui recebendo o tratamento e "sendo colocado no lugar"



Pouco tempo depois, uma das salas vagou e o tratamento seguiu por mais uns 40 minutos lá na sala/cama vaga (reparem na imagem abaixo os 4 panos pretos... Cada um era uma sala/cama...)


E por fim eu voltava pra balança maluca onde era novamente analisado pra ver o resultado da terapia...


Obs: Essas 4 imagens acima, fazem parte de um LOOOONGO relatório de 7 páginas que me foi gentilmente enviado e que demonstrava e explicava meu alinhamento...

Tudo muito batuta e interessante (vale a dica pra quem estiver hoje, ou for no fds -pois além do espaço na sala imprensa, eles, da EOM, estão com estande pelo evento, atendendo o público em geral)...

E não acabava aí, afinal além do tratamento físico, era possível  um tratamento mental, pois (ainda lá dentro da sala de imprensa -que era um evento dentro do evento-) nos foi proporcionada uma exposição bem batuta...



 




QUERO TODOS!!!!!



Mas, além da chegada e da sala de imprensa (que já bastariam para deixar muita assessoria no chinelo), o principal, ou seja, a assessoria em si, como sempre, foi SUPIMPA e, graças a ela, nos foi possível concluir PARTE da nossa pauta, qual seja, "DANIEL PESINA" que, super simpático e atencioso, nos recebeu como fãs...




E, ao nos controlarmos hehehehe, como profissionais, quando fez uma pequena (e exclusiva) demonstração...




Falei em PARTE da pauta, pois (por vacilo nosso) perdemos a outra parte da pauta, qual seja, o ator/dublador Charles Martinet...

Até estivemos com ele (que concedia exclusivas para outros veículos) enquanto estávamos com  o PESINA, mas, até por respeito ao cansaço (deles) e pelo adiantado da hora (que os dois, sossegaram na área exclusiva de descanso -deles-), não tentamos nenhuma exclusiva...

Mas que fique o registro da minha crença que se eu lá estivesse hoje, ou se voltar durante o fds, no que depender do ator ou da assessoria, a exclusiva aqui estaria...


Feito este top 3 da assessoria de imprensa...

Fecho o outro top 3, qual seja o dos melhores pontos da edição 2018 (já falei dos cenários/estrutura, da assessoria) citando a...



Eu adoro esta...


E, nela, vale um destaque aos jogos:


E...



Pontos (muitos) positivos, devidamente, colocados em destaque, vale destacar um ponto (que não chega a ser negativo, mas, como dizer, seria...) NEUTRO...

Me refiro à relação com os cosplayers...



Senti falta dessa turminha que (fique bem registrado que esta cobertura abarca uma quarta e uma quinta feira, dias tradicionalmente mais vazios, mas...), pelo que soube e acompanhei, não foi mais tão necessária enquanto "atração sem remuneração" (o número de "Vips" foi hiper reduzido e a seleção/respostas bem bagunçada)... 

Se isto não bastasse vi vídeo (feito dentro de automóvel hehehe) e ouvi ao vivo ou li em textos e chats que a estrutura para eles/elas tb foi reduzida e simplificada.

Tá que não é um evento para cosplayers e, portanto, isto (para mim) não reflete na (super) qualidade do evento como um todo... Mas é uma pena esta diminuição na qualidade e respeito para com eles...

Nem precisava melhorar nada, bastava manter o que já tinha sido obtido mas...

Deixa pra lá, afinal cada um só consegue dar o que seu potencial permite...


Bom, falado dos pontos ótimos, do ponto neutro, falemos agora dos pontos ruins (que pioraram) e, sobre eles, digo:


zzzzzzz


Pois é...

Não vi pioras sensíveis no EVENTO EM SI...

Principalmente quando (repito) focamos no foco do evento...


Curti bastante, queria ter tempo para ir hoje ou no fds mas (não será possível) fico por aqui, deixando vocês com imagens aleatórias desta edição (lembrando que clicando nelas, elas abrem no tamanho original)...



 

 
 
 
 
 
 
 
 


 
















E...

Por fim...





Fim...




Até a próxima!!!




























Share on Google Plus

About Canal do Ribas Machado

0 comentários:

Postar um comentário