2019 - O Ano do Porco e os Concursos Cosplay, em 2019

Texto e imagens: Ribas Machado
(Aparelhagem: Xiaomi Redmi 5a)


É...

Pois é...

Nesse fim de semana (09-10) estive nas festividades do Ano Novo Chinês, que (na verdade, começou no dia 05) ocorreram lá na nossa querida LIBA...

Tudo muito bom, tudo muito lindo (como todos os eventos feitos pela Heida Woo) mas...




Após ouvir (por lá) como seria este novo ano e após ler em vários lugares (Terra, Capricho, Gshow, João Bidu...) trechos do tipo:

"Na astrologia chinesa 2019 é o ano do Porco. Isso significa que, de 4 de fevereiro de 2019 até 4 de fevereiro de 2020, entramos em um momento de renovação e de mudanças importantes. Então, será a hora de finalizar projetos relevantes e começar a planejar os próximos. O sentimento de mudança pode ser libertador e, como 2019 é regido pela energia do Porco, isso significa que o poder de renovação estará nos rodeando. Essa influência vai nos ajudar a tomar decisões quanto a situações antigas e de forma diferente daquela que estávamos acostumados."

ou

"O ano chinês de 2019 começará no dia 5 de fevereiro e terminará em 24 de janeiro de 2020. Ele será regido pelo Porco de Terra. Esse período que está por vir será de trabalhar a determinação e a coragem para alcançar os seus objetivos. Enquanto o Porco demonstra inteligência e poder de observação, a Terra é um elemento de intuição e racionalidade. Além disso, o Porco traz o bom humor e o jogo de cintura para lidar com os obstáculos, o que ajuda na hora de completar as tarefas. Juntos, os dois unem a objetividade e a espiritualidade, uma combinação muito positiva. Por isso, prepare-se para ir atrás do que você sempre quis com o coração aberto, esse será um bom ano para colocar os planos em prática."



ou

"Com toda a certeza os 12 signos chineses do zodíaco do calendário lunar podem ficar muito felizes, harmoniosos, com muita esperança e positividade neste ano. O ano do Porco é muito bom em todos os sentidos. A atmosfera  festiva, alegre, tranquila, amorosa e relaxante será comum para todos em 2019. É importante, no entanto, não estar entorpecido com as promessas desse vento feliz e promissor. Tudo vai de acordo com merecimento de cada pessoa. No campo pessoal, as ações bem consideradas devem ser recompensadas muito mais do que a tomada de riscos durante o Ano do Porco 2019. O Porco de Terra trará muita fortuna, bem-estar, riquezas e prosperidade para quem merecer e trabalhar para enricar. O dinheiro não vai dar em árvores. Mas, a oportunidade de crescer monetariamente vai passar na sua porta. Abra esta porta e prospere."

ou ainda...

"O próximo ano, na Astrologia Chinesa, só começa a partir do dia 5 de fevereiro e termina no dia 24 de janeiro de 2020. Nesta época, o símbolo regente será o porco, que representa paciência e bondade. Por isso, aguarde por um ano repleto de pessoas amáveis e generosas, além de ter mais determinação para alcançar seus objetivos e ambições."

Ainda na companhia do porquinho, fiquei pensando... (as vezes acontece)



Inspirado, principalmente pelo trecho: "entramos em um momento de renovação e de mudanças importantes. Então, será a hora de finalizar projetos relevantes e começar a planejar os próximos"

E, pensamento vai, pensamento vem, fatalmente, caí nos cosplays e, em especial nos concursos, afinal, "finalizar projetos relevantes e começar a planejar os próximos" tem tudo a ver com a patota competitiva...

E, então, resolvi dar algumas, sei lá, dicas para 2019...

E não pensem que tais dicas vem de uma soberba deste que vos fala hehehehe

Não, eu não acho que sei tudo, eu simplesmente sei o que me incomoda muito (e incomoda muitos outros jurados que já dividiram bancas comigo) e SEMPRE faz com que cosplayers percam pontos importantes e (ou) deixem de ganhar por bobagem...

Bom, borandar com a listinha (eu amo listinhas e rankings hehehehe)

  • Para aqueles que estão com o cosplay do personagem que amam, muitas vezes, feito "como deu pra fazer", que foram pro evento curtir o evento, tirar fotos, passear e do nada (ou por pressão dos amigos), resolvem, de última hora, participar do concurso:
Pra vocês, eu digo... PARTICIPEM SIM! Não tenham vergonha, não se preocupem com ganhar ou perder, não se preocupem com tatuagens não cobertas, piercings não retirados, tom de pele, tamanho de corpo, sexo, desencanem de tudo isto!! Não digam que eu disse isso, mas... Não se preocupem nem com as regras... Simplesmente se inscrevam, subam no palco sem compromisso, encarnem o personagem brinquem bastante e divirtam-se!!! Já vi muita coisa batuta acontecer nesses casos!!


  • Para quem fazia parte do grupo anterior e, hoje, pegou gosto e já vai pro evento, sabendo que ainda quer aproveitar tudo que puder, INCLUSIVE A COMPETIÇÃO, mas, AINDA, não quis gastar (ou não pode gastar) com um projeto super elaborado.
Para este segundo grupo, já começa a ser batuta dar uma lida prévia nas regra, traçar uma estratégiazinha básica na escolha do cosplay, já é supimpa começar a pensar nos detalhes (tatoo, piercing, detalhes dos personagem, o que vão colocar nos pés -sim, o que é colocado nos pés, muitas vezes é o diferencial entre uma vitória e uma derrota-) e, POR FAVOR, como já sabem que vão participar, levem imagem de referência!!
  •   Aí chegamos naquele grupo que pegou gosto verdadeiro pela competição, mas ainda só participou da modalidade desfile (infelizmente, muitos eventos esquecem da modalidade apresentação)
Pra vocês, com quem eu me sinto mais a vontade e, se bobear (pelo menos em Sampa) já conheço, vi e até julguei a maioria, eu digo para começar ler (e decorar) as regras e, a partir delas, pensar (muito mais) na estratégia, começar a ver o que os coleguinhas fazem e dá certo (ou errado), começar a se preocupar (muito) com os detalhes, nunca esquecer de levar imagens de referência (frente, lados e costas), ir aprendendo a construir seus próprios projetos e a consertá-los na hora, escolher direito os projetos, pois quanto mais se entra de cabeça neste mundo (da meritocracia) mais se afasta da bolha protetora do "cosplay é brincadeira, todo cosplay é para todos" e bla bla bla (realmente é e eu digo sempre, cosplay é cosplay, pode tudo e todos, mas competição é competição... Se você quer competir e pensa em ganhar, já tá hora de começar a pensar estrategicamente!).

Ainda para este terceiro grupo, em especial para aqueles COSPLAYERS, deste grupo, que buscam a perfeição, mas buscam a perfeição do personagem que amam e não se preocupam em fazer personagens da moda, ou grandes armaduras ou qualquer outra coisa que chame a atenção da plateia e do júri, aqueles que não escolhem o projeto SÓ PARA GANHAR O CONCURSO! Para este subgrupo, eu quero dar os parabéns e, ao mesmo tempo, dizer que se vocês querem muito ganhar, nessas condições, já passou da hora de começar a disputar na modalidade "apresentação" e (ou) buscar "desfiles interpretativos" digo isto pq, SIM, vocês podem ganhar nos desfiles simples (frente, lado e costas no x), já tive surpresas maravilhosas nessa modalidade mas, tb tenho que dizer que SIM, vocês poderão passar por frustrações (desnecessárias), pois vocês poderão ter feito tudo, cada um dos mil detalhes, tudo perfeito, você poderá conhecer (e até ensinar pro autor do personagem hehehe) todas as posições e características e tudo mais, só que aí surge um/uma coleguinha, que nunca fez nem um cos de armário, com um cosplay grandão (comprado de 3ª mão), conhecidinho da vez, cheio de defeitinhos e  ganha de você...

Tá tá tá, tem umas bancas de júri que viajam na emoção (e adoram dar 10 pra criança), tem bancas que nem sabem o que estão fazendo lá (muitas vezes são amigos ou patrocinadores do evento) e dão nota por tamanho (ou "fama" do personagem mais conhecido), não por qualidade e, desses casos, nem tenho muito mais a dizer, mas... Abstraindo esses vacilos da organização, a modalidade DESFILE simples é batutinha e tal, serve para começar e tal, mas, na grande maioria das vezes não valoriza o cosplayer deste terceiro grupo (e dos próximos) pois joga todos na vala comum do "pisa no X, faz de 4 a 5 poses e vaza", nela vocês não falam com os jurados, não tem como explicar nada, não tem como o jurado saber quem fez e quem não, enfim, a modalidade Desfile Simples, é um mero concursinho de fantasias de festa de aniversário, lá só o cos importa e, as chances de sair frustrado (os desse grupo - e dos próximos -) será grande...

  • Passados os três grupos anteriores (que eu chamaria de ensino fundamental heheh), chega a hora de falar com o mundo acadêmico o grupo que curte competir com COS e com PLAY... 
Pra vocês, que amam concorrer e (ou) amam se apresentar, para vocês que adoram competições COS + PLAY, além de tudo que eu já disse antes (e, pra vocês, deve ser muito potencializado pois, geralmente nessas competições, existe um contato e uma proximidade maior com o Júri) eu digo para (por favor) evitar estar, ao mesmo tempo, no palco e na tela (a menos que consigam algo muito criativo), evitar só ficar andando de um lado pro outro mexendo a boca (as vezes) no tempo da fala, evitar ficar de costas pro público ou "escondido" (muito tempo) fazendo trocas de roupa (que não acabam nunca e são super previsíveis), digo isto pq sou ranzinza e pq, acreditem, segundos de tédio no palco, parecem horas para nós na bancada, portanto... Muita estratégia, e (ou) alegria, surpresas e despojamento...

Por fim...

  • Chegamos naquele grupo, que já fez o colégio, já fez facul, já se pós graduou e, hoje, é um "profissional da área"
 Para esses,  eu só digo para não perderem (e, para alguns, peço que achem... tsc tsc) o amor e alegria do cosplay, pois, quando isso acontece, quando vira a competição pela vitória e só, alguns vacilos começam a surgir e, acreditem, nessas modalidades, GERALMENTE (tirando eu) não tem bobo julgando, aqui não tem desculpa, aqui não tem passada de mão na cabeça, aqui raramente algum "truque" vai passar em branco e aqui não interessa quem você é, interessa o que você está mostrando (ou escondendo) naquele momento... Minha única dica aqui é a de tentar buscar aquele você que começou a competir lá no primeiro grupo... Buscar a alegria, a diversão, o coração... Pois aqui, neste último grupo, não tem (mais) receita de bolo, não tem (mais) bobo competindo, aqui tecido ganha (e perde) de armadura, armadura ganha (e perde) de monstruosidades, monstruosidades ganham (e perdem) de tecido... Aqui tudo pode acontecer (e acontece), aqui, geralmente são escolhidos representantes de cidades, estados, países e até grandes campeões mundiais.

Por fim...

Fim!!

Que venha o porquinho!!

E que venham as grandes vitórias!!!

Até a próxima!!
Share on Google Plus

About Ribas Machado

1 comentários:

  1. Parabéns Ribas, mais uma vzs vc mostrando o que sabe fazer.. Obg pelas dicas.. Abraços

    ResponderExcluir