22º Festival do Japão

Texto e Imagens: Ribas Machado



Sim, sim, lá fomos nós, de volta, ao Festival do Japão!!

Chegamos (tá tá tá, cheguei...) e já na estação (Jabaquara) pude sentir a organização (Marca registrada deste evento) no monte de staffs, estrategicamente espalhados para levar o povo para os (vários) ônibus que, por sua vez, nos levariam (de graça) para o Festival...

Sim, a fila era grande, mas, não fiquei nem 10 minutos nela (prestaram a atenção no "vários ônibus", não é? Pois é...).

Já entregue no espaço onde já ocorria o evento, desde quinta feira, fui seguindo os direcionamentos e...

Caminhando...


Avançando...



Me limpando...

Me credenciando...


Até que, já dentro do Festival...

 (sim, pra variar, eu demorei para achar a sala de imprensa -vide hora da foto, mas, pelo menos ela existia...)


Dentre muitas outras coisas...

Sério, este não é um evento para um único dia de visitação (fica a dica)

Passeei por algumas exposições...






Assisti algumas cerimônias ...


Ouvi muito Taiko hehehehe

Fiz pedidos




Me juntei à Tropa de Exploração


Para, no estande da...



 Tentar ganhar o maravilhoso livro...


Fiz as 5 provas...




Não consegui a caneta mas o livro eu ganhei!!



Nisso, feliz, recuperei o fôlego e voltei a minha exploração/reconhecimento do evento...

Achei o Pyke e a patota da Cosplay Brasil...




Que cuidava (este ano) da organização do espaço cosplay (e, também, mais tarde, organizaria o concurso desta edição)




Achei e proseei com muita gente...





E, fui atrás no palco verde, onde rolaria o concurso...
 


Palco localizado...

Fui dar mais uma volta (pois o concurso só começaria -o vira vira- as 16h00), quando encontrei mais pessoas batutas ...




 

Achei a...

Enorme e SEMPRE cheia...



Onde aproveitei para achar minha barraca preferida


 E, nela, bons amigos!



Nisso, dei mais algumas voltas (fiquei um bom tempo, na, sempre batuta, área cultura...) e voltei para o backstage do palco verde onde já já às 16h00 começaria o vira vira do concurso cosplay desta edição...

Me ambientei, me organizei, me posicionei e...

Pausa:
  •  Ainda acho, e sempre vou achar, que poderiam ter concursos (menores, ok) nos outros dias do evento;
  • Eu tinha um certo ranço (não é novidade para ninguém) com este formato de desfile com vira vira, sempre achei um Frankenstein sobrevivente à época áurea quando o Festival abrigava a final Brasil do WCS, mas, pela primeira vez, consegui acompanhar TODAS AS ETAPAS do concurso e...
  • Vendo melhor e com detalhes até daria uma nota muito alta para o formato (desfile com vira vira) se não fosse por um único fator. qual seja...
  • Não acho supimpa armar todo um esquema (neste ano, muito bem organizado pela patota do KENJI e a patota da COSPLAY BRASIL) com palm tops, vira vira, bons juízes e, no final, entregar parte da premiação para a escolha do público... Várias categorias premiadas, OK! Mas que os prêmios venham pelo júri, até como respeito ao trabalho e amor que muitos colocam em seus projetos e, até, por respeito ao júri... "Fika a dika/critika";
Dito isto...

Continuemos...


... e, todos prontos...

(abstraiam a hora da foto e até a qualidade -valorizem, apenas o registro-, pois foi difícil juntar o quinteto e, também não podia parar, o concurso, mais tempo do que o necessário para um click)


Bora começar o Vira vira (sem blindagem e sem nada a esconder para a imprensa)...








Após cada entrevista, os concorrentes eram encaminhados para uma sala de descanso, onde esperariam a próxima etapa (Palco)































 







UMA HORA E DEZ MINUTOS depois...

Algumas fotos aleatórias de gente batuta...




Enquanto os concorrentes eram levados/posicionados para a etapa seguinte...


Até que...

Todos já organizados, quando, então...

Os juízes vão sendo apresentados para a plateia e já vão se posicionando




Até que...



Começa a etapa do palco...




UMA HORA E CINQUENTA E TRES MINUTOS depois do início de todo o processo, tempos a foto clássica, com todos no palco...


Temos o anúncio do resultado e...

Fim...


Hora de fotos felizes...

(VIVA o FAIRPLAY!!!)



E fotos MUITO felizes!!





Aí era hora de matar a fome com as clássicas promoções de fim de Festival (da área de alimentação) e, tempos depois, seguir com calma para pegar um (dos muitos) ônibus que nos levaria de volta para a estação Jabaquara/vida real...


Foi batuta? Sim!

Alguns (dentre os centenas de) staffs, desinformados? Sim, mas, todos, com vontade de ajudar e procurar a resposta/informação!

O foco desta cobertura era o concurso cosplay? Sim, até pq o Festival em si, continua no mesmo (ótimo e) clássico formato que funciona muito bem e que já foi bem elogiado, aqui, em outras edições...

Algo mais? Não... Só o clássico...

Até a próxima!!!




Share on Google Plus

About Ribas Machado

0 comentários:

Postar um comentário